Morre no Rio, aos 88 anos, o diretor de TV Maurício Sherman

Memória viva da TV brasileira, morreu, na manhã desta quinta-feira (17), aos 88 anos, o diretor, ator e produtor Maurício Sherman, em decorrência de complicações de doença renal crônica.

Ele estava lá quando foi inaugurada a TV Tupi do Rio de Janeiro e participou de vários programas em várias emissoras. Sherman entrou para a TV Globo em 1965 e foi diretor de diversos programas como o ‘Faça Humor, Não Faça a Guerra’, ‘Fantástico’ e ‘Zorra Total’. Também foi diretor-executivo da Central Globo de Produção. Descobridor da Xuxa e da Angélica, assinou também a direção do ‘Domingão do Faustão’. Também teve trabalhos importantes no teatro, com peças como “A Pequena Notável” (1972) e “Evita” (1983).

“É uma tristeza a perda do nosso Maurício. Uma pessoa carinhosa, amiga e, acima de tudo, um amante da nossa televisão”, disse o ex-diretor da TV Globo e empresário José Bonifácio Sobrinho, o Boni.

Foto: Márcio de Souza/Memória Globo