Com menos 40 trens circulando, 420 mil passageiros serão afetados

A volta pra casa promete ser um pouco mais demorada para quem depende dos trens, no Rio. É que a Supervia anunciou ontem a retirada de 40 trens de circulação obrigando os passageiros dos ramais Japeri, Santa Cruz e Deodoro a terem mais paciência diante da nova realidade desse transporte.

Segundo a concessionária que administra os trens, cerca de 420 mil passageiros serão impactados de alguma forma com as mudanças, o que corresponde a 70% do total de pessoas que embarcam diariamente em uma das estações.

Hoje pela manhã, na Central do Brasil, muitas pessoas relataram demora no embarque, assim como nas plataformas do ramais, que estavam ainda mais cheias por conta dos intervalos maiores. Algumas viagens do ramal Deodoro também foram afetadas e vão ser realizadas em trens de quatro carros, ao invés de oito.

Os trens estão em operação desde 2014, entregues pelo Governo do Estado junto ao consórcio CRRC, empresa chinesa que promoveu um recall para corrigir o problema, mas sem resolvê-lo.

A Supervia informou ainda que está reforçando o efetivo de apoio e segurança nas estações e ramais impactados, assim como nos canais de atendimento aos passageiros.

Foto Reprodução

EDITORIAS