Os riscos à saúde do motorista profissional, trocador e mecânico

de Maria Martins

Para falar da saúde do motorista profissional precisamos mostrar o que é a atividade a que ele está submetido e como o seu organismo e o trabalho podem repercutir na saúde causando sinais, sintomas e doenças.

Na atividade de motorista, o homem é submetido a múltiplos riscos capazes de gerar doenças. O ruído produzido pela máquina supera muitas vezes os 85 decibéis estipulados na legislação. Nada se faz para dar proteção ao trabalhador, em consequência surge o zumbido, a perda auditiva, a surdez. São doenças de aparecimento silencioso, progressivo e incapacitante.

Interessante que, após uma determinada perda auditiva que será medida por meio da audiometria, que por sinal não é obrigatória no exame de habilitação e renovação da CNH, o indivíduo será incapacitado para a função.

Pesquisas feitas na cidade do Rio de Janeiro em linhas de ônibus urbanos mostraram que a vibração é capaz de produzir variados sintomas, como perda do equilíbrio, lentidão de reflexos, taquicardia, vasoconstricção, alterações na liberação de enzimas e hormônios, dor localizada e difusa, cefaléia (dor de cabeça), mal estar, tonturas, alterações da frequência e amplitude respiratória, falta de concentração, distúrbio visual e gastrintestinal, cinetose, degeneração de tecido neuromuscular e articular, desmineralização óssea e alterações cardiocirculatórias.

Nosso país, continental como é, com variações climáticas bruscas além de veículos com motores internos ou dianteiros, propiciam temperaturas elevadas e pouco toleradas pelo organismo. Consequentemente, isso tudo compromete o estado geral do trabalhador.

Exposição aos gases, vapores e poeiras, em uma atmosfera imprópria para o trabalho sem uso de equipamentos de segurança, vão certamente concorrer para o surgimento de queixas. Citamos isso porque os produtos decorrentes da combustão dos derivados de petróleo são capazes de produzir doenças das vias respiratórias, circulatórias, da pele e dos olhos, chegando à insuficiência respiratória.

pt Português
X
EDITORIAS