Guga, o melhor tenista brasileiro de todos os tempos

 

Da Redação

Gustavo Kuerten, ou simplesmente Guga, se tornou tenista profissional em 1995. Mas foi a partir da manhã de 8 de junho de 1997, quando derrotou o espanhol Sergi Bruguera, por 3 a 0 e abocanhou o troféu de Roland Garros pela primeira vez, que sua vida mudaria para sempre. Da noite para o dia, ele passou a ser requisitado por fãs no mundo inteiro e ser alvo da imprensa.

Os anos de 2000, quando terminou como número um, e de 2001, quando terminou como número dois, representaram o auge da carreira do tenista catarinense. Em ambos, Guga sagrou-se campeão de seu torneio predileto, Roland-Garros, assim como venceu todos os grandes tenistas da época e alguns mitos, como Pete Sampras e Andre Agassi. Considerado o melhor tenista brasileiro e sul-americano de todos os tempos, a sua galeria de troféus exibe uma coleção de títulos conquistados em 13 países no circuito de tênis profissional. Ao todo, foram 20 títulos de Simples – inclusive três Grand Slams em Roland Garros – e oito de Duplas. Em 2010, dois anos após se aposentar das quadras, Guga recebeu a Cruz do Mérito Desportivo, maior condecoração concedida aos atletas brasileiros e o troféu Philippe Chatrier, honraria máxima a um tenista, entregue pela Federação de Tênis Internacional (ITF).

Mas a fama e o assédio não o transformaram. Pelo contrário. Só o estimularam a tornar-se uma pessoa ainda mais humana e empenhada em ajudar as causas sociais. Gustavo Kuerten coleciona também homenagens significativas por suas ações sociais, como o prêmio de ‘Jogador Humanitário’ (Arthur Ashe umanitarian) de 2003, por suas ações realizadas fora da quadra.

Com um largo sorriso no rosto esbanjando simpatia, Guga procura levar uma vida simples.Quando está em Florianópolis, sua cidade natal, ele sai com os amigos, que conhece desde os 13 anos, quando estudava no Coração de Jesus, pega onda na praia Brava e ainda assiste os jogos de seu time favorito, o Avaí.

Sobre seus sonhos? “São tantos que é difícil escolher um só. Cada dia a gente tem sonhos novos. Quanto mais você conquista as coisas, vai sonhando mais. Sonho em estar feliz sempre, com muita saúde para todos e de estar sempre curtindo as coisas que faço”, diz esse catarinense que vive com um sorriso no rosto.

Foto: Reprodução

pt Português
X
EDITORIAS