Eleitos do Conselho Tutelar do Rio se capacitam para o mandato

Da Redação

Em 28 de novembro, foi publicada no Diário Oficial do Município a listagem dos conselheiros eleitos após recontagem dos votos das eleições do Conselho Tutelar do Rio de Janeiro (CMDCA-Rio), mandato 2020 a 2023, nos dias 25 e 26 do mesmo mês. A decisão de se realizar a recontagem dos votos seguiu recomendação do Ministério Público. O evento foi aberto ao público.

“A recontagem proporcionou uma maior transparência em relação à eleição. Havia muitos questionamentos sobre a lisura do processo e o balanço é que ocorreram poucos erros humanos, mas que não interferiram no resultado final, já que 90% dos casos se mantiveram inalterados. Onde houve alteração de votos foi em razão de candidatos constarem com nomes parecidos. Minha avaliação é positiva e conseguimos nos aproximar de um processo transparente e eficaz”, explica o coordenador da Comissão Eleitoral, Carlos Laudelino.

Os conselheiros eleitos já estão em ação. No dia 6 de dezembro eles encerraram a capacitação teórica, ministrada na UERJ, sobre as normas do Estatuto da Criança e do Adolescente. Ao logo da semana, foram realizadas palestras com profissionais de várias áreas, com objetivo de oferecer uma capacitação mais abrangente possível.

“Demos continuidade ao processo e garantimos que o curso fosse proferido de forma integral e tocasse nas principais noções que os conselheiros tutelares precisam ter para poder atuar”, avalia Luana Silveira, conselheira de direito e integrante da Comissão Eleitoral.

pt Português
X
EDITORIAS