Categorias
Destaque Economia

Receita começa a receber declarações do Imposto de Renda

A Receita Federal começou a receber hoje, 2 de março,as declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020. O prazo para entrega vai até as 23h59min59s do dia 30 de abril. Quem entrega a declaração no início do prazo tem prioridade para receber a restituição, caso não a preencha com erros ou omissões. Na mesma situação, estão incluídas pessoas com mais de 60 anos, portadoras de moléstia grave ou com deficiência física ou mental.

Este ano, cerca de 32 milhões de contribuintes devem prestar contas ao Fisco. A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês-calendário até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74. As novidades para a entrega da declaração neste ano estão disponíveis na página da Receita.

Entre as principais mudanças, estão a antecipação no cronograma de restituição, cujo pagamento começará no fim de maio e terminará no fim de setembro e o fim da dedução da contribuição para a Previdência Social dos trabalhadores domésticos.

Pela primeira vez, os contribuintes com certificação digital receberão a declaração pré-preenchida no programa gerador. Até agora, eles tinham de entrar no Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC), salvar o formulário pré-preenchido no computador e importar o arquivo preencher a declaração. Neste ano, também está disponível a doação, diretamente na declaração, de até 3% do imposto devido para fundos de direito dos idosos.

Programa gerador

O programa gerador da declaração do Imposto de Renda no computador está disponível para download desde o dia 20 na página da Receita na internet. Quem optar por dispositivos móveis, como tablets ou smartphones, poderá baixar o aplicativo Meu Imposto de Renda nas lojas Google Play, para o sistema operacional Android, e App Store, para o sistema operacional iOS.

Estão obrigados a declarar os contribuintes que receberam, em 2019, rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70, rendimentos de atividades rurais acima de R$ 142.798,50 ou rendimentos isentos – não tributáveis ou tributados somente na fonte –, cuja soma seja superior a R$ 40 mil.

Também deve declarar quem recebeu, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência de imposto, realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias e futuros e tem patrimônio de mais de R$ 300 mil.

Foto: A.Br.

 

 

 

Categorias
Rio

Chuva causa estragos e mortes no Rio

Por: Franciane Miranda.

O Rio amanheceu com vários bairros alagados. As fortes chuvas que atingiram a cidade deixaram mais uma vez, um rastro de destruição e mortes. A região segue em estado de alerta com previsão de mais chuva.

No total, quatro pessoas perderam suas vidas durante os temporais e uma segue desaparecida. Em Jacarepaguá, na Zona Oeste, onde as chuvas ocorreram com mais intensidade foram duas vítimas; uma em Mesquita, na Baixada Fluminense, e outra em Acari, na Zona Norte. A chuva deste domingo também desalojou 66 pessoas. Várias escolas suspenderam às aulas.

No último domingo (01), o prefeito Marcello Crivella se reuniu com secretários, no Centro de Operações Rio (COR-Rio) para criar um plano que diminuísse os efeitos do temporal. Na sede do COR, ele fez uma transmissão ao vivo pela social e afirmou que todos estavam empenhados para resolver os problemas de forma ágil.

Marcelo Crivella foi ao bairro de Realengo, um dos mais prejudicados pela chuva do domingo (1). Durante a entrevista, uma pessoa não identificada jogou lama no prefeito. Ele reclamou da quantidade de lixo jogada pela população nas ruas: “O importante hoje é que a prefeitura está agindo com todos os seus órgãos para tirar lixo e casas caíram aqui [Realengo]. Mas o mais importante, se vocês querem ajudar a nossa cidade, é conscientizar a população de que não pode jogar lixo nas encostas, não pode jogar lixo nos bueiros, não pode deixar lixo na rua. Esse é o grande problema do Rio de Janeiro”, afirma.

Há previsão de chuva fraca a moderada até quinta-feira (5). As temperaturas se manterão amenas, mas a qualquer momento do dia pode chover. Já na sexta-feira (6), um sistema de alta pressão vai diminuir a nebulosidade e não deve chover.

Trinta sirenes foram acionadas em 16 comunidades em área de risco. Foram elas: Rocinha, Alemão, Joaquim de Queiroz, Morro da Fé, Rua Frey Gaspar, Nova Brasília, Palmeiras, Parque Alvorada, Cariri, Vila Cruzeiro, Rua Mirá, Adeus, Piancó, Sítio Pai João, Comandante Luiz Souto e Espírito Santo.

O Centro de Operações (COR) havia registrado cerca de 150 ocorrências, entre quedas de árvores, alagamentos e bolsões d’água. Segundo a Defesa Civil do Município foram contabilizadas 349 ocorrências desde o início das chuvas no sábado (29) até segunda-feira (2), de março.

A maioria dos chamados aconteceu na Zona Oeste e Norte. No total foram 121 por desabamentos de estrutura; deslizamento de barreiras e encostas: 79; ameaça de desabamento de estrutura: 63; e imóveis com rachadura e infiltração: 31.

Confira a lista dos bairros mais atingidos:
Realengo com 62 ocorrências;
Taquara com 36 ocorrências;
Campo Grande com 31 ocorrências;
Bangu ocorrências 17 ocorrências;
Deodoro com 14 ocorrências;
Tijuca com 11 ocorrências.

Fique atento e siga às dicas em casos de alagamento:
Redobre a atenção ao dirigir e mantenha os faróis acessos;
Permaneça em local seguro e evite áreas com alagamentos;
Não caminhe pelas águas, pois há perigo de correnteza e de ferimentos com objetos, quedas em buracos sob a água, além de risco de doenças;
Não fique próximo à beira de córregos e rios;
Nunca force a passagem de carros em vias alagadas.

A Defesa Civil do Estado (Sedec-RJ) e o Corpo de Bombeiros do RJ  orienta que as pessoas sigam estas recomendações quando houver rajadas de ventos fortes quando você estiver em casa.

Preste atenção nas dicas em casa:
Feche as janelas, basculantes e portas de armários para evitar canalizações de ventos no interior de casa. Persianas, cortinas ou blecautes também devem estar fechados para evitar que estilhaços se espalhem no caso de alguma janela quebrar;
Aparelhos elétricos e registro de gás devem estar fechados. Dessa forma, não há agravamento em caso de queda de árvore;
Evite deixar objetos que possam cair em locais altos;
Mantenha as árvores do jardim ou do quintal sempre podadas e bem cuidadas;
Fique atento: se houver falta de luz, cuidado com o uso de velas para evitar incêndios.

As dicas, caso você esteja na rua:
Não se abrigue debaixo de árvores ou de coberturas metálicas;
Evite a prática de esportes ao ar livre, especialmente, no mar;
Evite ficar próximo a precipícios, encostas ou lugares altos sem proteção;
Evite passar sob cabos elétricos, outdoors, andaimes, escadas;
Não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;
Não queime lixo, não ateie fogo em terrenos para remover vegetação, não acenda fogueiras ou jogue bitucas de cigarros em estradas ou terrenos com mata;
Fique atento: caso haja queda de árvore, é possível que a rede de energia tenha sido rompida. Nesta situação, há risco de acidentes causados por raios.

Durante os temporais a recomendação é:
Adie compromissos;
Permaneça em local seguro;
Só se desloque se estiver em área de risco ou em caso de extrema necessidade;
Ofereça abrigo a amigos e familiares.

Lista dos telefones para emergência:
Bombeiros: 193
Polícia: 190
Ambulância: 192
Defesa Civil: 199

Categorias
Destaque Rio

Chuvas não tiram o brilho do Desfile das Campeãs na Marquês de Sapucaí

Por Claudia Mastrange

A chuva não deu trégua, mas a alegria de estar de volta à Marquês de Sapucaí fez com que os componentes de Viradouro – a grande campeã do carnaval carioca  -, Grande Rio, Mocidade, Salgueiro, Beija-Flor e Mangueira desfilassem com a maior garra e animação no Desfile das Campeãs, no sábado,  29 de fevereiro. Tudo bem no clima da “Alma Lavada’, enredo campeão da Viradouro, que contou a história das ‘Ganhadeiras de Itapuã’.

Sem o peso da disputa pelo título, os sambistas passaram com e leveza e, ao longo da avenida se livraram de pedaços de fantasia  e sapatos encharcados pela chuva torrencial, que também acabou fazendo a cantora Elza Soares, de 89 anos, homenageada pela Mocidade, desistir desse segundo desfile, por recomendação médica. Ela foi representada, no último carro, pela neta Vanessa.

Rainha Paolla só alegria:sambando na chuva

As musas brilharam. Viviane Araújo, há 13 anos rainha de bateria do Salgueiro deu show como sempre e a ‘Jesus Mulher’ de Evelyn Bastos, rainha Mangueira, emocionou desfilando descalça.  À frente da bateria da Grande Rio, a atriz Paolla Oliveira nem ligou para a chuva e deu show de ritmo para o público do setor um e no recuo da bateria. Sempre sorrindo e bem humorada, a musa disse que quase precisou de um bote para chegar à avenida e que estava feliz porque, desta vez, a Grande Rio chegou pertinho do título.

Aílton Graça mais uma vez representou com garra e samba no pé Benjamin de Oliveira, o primeiro palhaço negro do Brasil, enredo do Salgueiro, que encheu de cores e personagens circenses a Marquês de Sapucaí. O povão vibrou e não arredou pé, mesmo com o temporal. Muitos se protegiam com guarda-chuvas, na verdade proibidos na avenida.

Neguinho da Beija-Flor, que contabiliza nada menos que 50 anos de carreira assistiu ao desfile das  outras cinco escolas da noite em uma das cabines de transmissão de rádio , no setor 1, e foi super requisitado para fotos e pequenas entrevistas, “Mas assim eu não consigo assistir nada. Vem comigo!”, disse, ao Diário do Rio, quase correndo para ver a Grande Rio,  depois de revelar que a emoção de estar ali não tinha sequer descrição. “Isso aqui é minha vida, é tudo. Aqui eu venci um câncer, aqui me casei…”, lembrou o intérprete da escola de Nilópolis.

E essa certamente, foi mais uma noite de emoções. Que venha o carnaval 2021!

Fotos: Diário do Rio

 

Categorias
Alessandro Monteiro | Circuito Carioca Colunas

Filme sobre rock’n’roll estreia no Rio

Um time de atores se reuniu no último sábado (29/2), na Taberna de Laura, em Copacabana, Zona Sul do Rio, para comemorar o lançamento do filme do diretor Pablo Loureiros, ‘Estação Rock’. Badalando por lá, Raul Gazolla, Roberto Rowntree, Luciano Szafir, Caio Paduan, Solange Couto, Renan Monteiro, Betto Marque e Breno Guimarães entre outros.

Além do bom vinho e rock’n’roll, quem também marcou presença foi Edilásio Barra, atual diretor da Ancine, e Wilson Feitosa, presidente da Europa Filmes. ‘Estação Rock’ terá estreia no próximo 5 de março, no NOW.

Foto: Miguel Hedler