Cuidar de plantas é uma terapia

Por Franciane Miranda

As plantas trazem consigo beleza e deixam o lugar mais agradável, lindo e charmoso. A queridinha de muitos na hora de decorar os ambientes. O seu baixo custo, aliado à sua versatilidade, revelam mais que beleza. Elas dão um toque final na decoração e são uma eterna tendência. Cientificamente comprovado, possuem o poder de levar enorme bem-estar para todos ao seu redor.

As flores e plantas trazem mais vida para as casas com sua variedade de texturas, formas e cores. São ótimas para quem ama a natureza, mas moram nos grandes centros urbanos. Ter plantas vivas é uma ótima oportunidade para quem gosta dessa interação com o meio ambiente. Se você não possui espaço, não se preocupe: os jardins verticais são a solução contemporânea! Eles ficam suspensos nas paredes e deixam o ambiente lindíssimo.

A psicóloga Marina Prado Franco revela que tratar das plantas e mexer na terra é um excelente antidepressivo natural, pois quando cuidamos delas estamos tratando de seres vivos e isso gera uma sinergia positiva. O cultivo proporciona um maior equilíbrio mental. “Elas têm efeito comprovado na diminuição do stress e da ansiedade, garantindo um ambiente mais tranquilo e feliz”, diz.

Marina informa que por as plantas serem vivas, além de benefícios relacionados à saúde, elas nos ensinam muito, fazendo vivenciar um momento terapêutico. Quando cuidamos do verde, esquecemos a nossa rotina por um instante, e esta troca de experiência com a natureza tem um enorme poder de cura, nos dando uma sensação de bem-estar físico e mental.

“As plantas também nos ensinam a ter paciência e que existe um tempo para tudo nessa vida, tempo de florescer e tempo de esperar. Nos fazem lembrar que a vida é feita de processos e que cada um dos seres se adapta a partir de recursos específicos. No caso delas, umas preferem sol, outras sombra; umas necessitam de muita água e outras nem tanto. E, principalmente, nos ensinam que no fim tudo se renova”, afirma Marina.

A bióloga e professora Priscyla Caetano Antunes começou a montar terrários há três anos. Ela explica que todos gostaram muito do seu trabalho e o sucesso foi imediato. Criou a empresa Green Garden, pois viu uma oportunidade de levar mais natureza para as pessoas e trabalhar com algo que gosta: a flora!

Priscyla vê seu trabalho como um hobby e uma terapia. Ela fala o quanto é gratificante criar mundos dentro dos vidros e arranjos com suculentas. “Poder ver as pessoas mudarem de hábitos depois de ganhar uma plantinha. A partir do momento que você cuida de outro ser, você passa a se tornar uma pessoa melhor”. E quem não gosta de receber flores ou plantas? Priscyla Caetano explica que a maioria dos pedidos é para decorar aquele cantinho especial e lembranças para eventos, como casamento, aniversário, formatura e chá de bebê, e também empresas que a buscam para presentearem seus funcionários.

Para quem deseja economizar, ou não gosta de plantas decorativas, existe uma solução! Que tal cultivar hortaliças ou ervas para temperar seus pratos? Você vai economizar, ganhar mais saúde, pois estão livres de agrotóxicos, e deixar o ambiente mais belo. Para você que não quer ter o compromisso de ficar cuidando de plantas, não se preocupe: existe várias espécies que não precisam de atenção diária.

As plantas viraram tendência ao longo dos anos e hoje a maioria dos espaços públicos, como shoppings, prédios comerciais, condomínios e restaurantes, possuem projetos paisagísticos. No ano passado, a ‘queridinha’ dos arquitetos virou atração na edição do Casa Cor Rio. A maioria dos ambientes projetados pelos especialistas mostraram várias ideias para o público se inspirar.

Fotos: Douglas Vives e Diário do Rio

pt Português
X
EDITORIAS