Notas esportivas

Por Sandro Barros

Flamengo é 100% títulos na temporada
O Flamengo (foto acima) levantou três taças em apenas 10 dias, faturando todos os títulos que disputou. Primeiro foi a Recopa do Brasil, goleando o Athletico-PR por 3 a 0 no dia 16 de fevereiro. Depois a Taça Guanabara, com os 2 a 1 no Boavista, no dia 22. E no dia 26, no jogo de volta, foi a vez da Recopa Sul-Americana, marcando 3 a 0 no Independiente del Valle, do Equador. Detalhe: essa é a primeira vez que o clube ganha um título internacional no Maracanã. (Foto: Divulgação)

Jogos olímpicos podem ser cancelados


O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou, no dia 25 de fevereiro, que em 90 dias decidirá o futuro dos Jogos Olímpicos de Tóquio por causa da epidemia causada pelo coronavírus. Com origem na China, o problema até agora tem sido mais grave no extremo oriente. O canadense Dick Pound, membro mais antigo da entidade, afirmou que, caso o problema seguir se agravando, os Jogos correm até mesmo risco de serem cancelados. (Foto: Divulgação)

Cristian Garín é campeão do Rio Open


O chileno Cristian Garín, número 25 do ranking da ATP, venceu o italiano GianlucaMager no dia 23 de fevereiro, domingo de carnaval, por 2 sets a 0 (parciais de 7×6/7×5), e se sagrou campeão do Rio Open 2020. O tenista de 23 anos precisou de apenas 1h34 para confirmar o favoritismo contra o italiano, 128º do mundo. Com o resultado, Garín entra no Top 20 mundial pela primeira vez. (Foto: Reprodução)

Homenagem a Marta no carnaval carioca


A brasileira Marta, a melhor jogadora de futebol de todos os tempos, foi homenageada pela Inocentes de Belford Roxo no desfile da Série A do carnaval carioca. Com o samba-enredo ‘Marta do Brasil – Chorar no começo para sorrir no fim’, a escola contou a história da atleta. O desfile foi no sábado de carnaval, dia 22, na Sapucaí. A Inocentes de Belford Roxo ficou em 4º lugar na apuração final. (Foto: Reprodução)

Teddy Riner dá adeus à invencibilidade


No dia 9 de fevereiro, o judoca francês Teddy Riner viu sua invencibilidade de quase 10 anos chegar ao fim. Ele foi derrotado pelo japonês KokoroKageura, de apenas 24 anos, no Grand Slam de Paris. Riner não perdia há 154 lutas. O bicampeão olímpico e nove vezes campeão mundial estava invicto desde o dia 13 de setembro de 2010, quando outro japonês, DaikiKamikawa, foi melhor na final do Mundial em Tóquio. (Foto: Reprodução)

pt Português
X
EDITORIAS