Rio de Janeiro sofrerá mais com o coronavírus, diz ministro da Saúde

Ministro Luiz Henrique Mandetta (Foto: Agência Brasil)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que o Rio de Janeiro será uma das cidades mais afetadas pela pandemia de coronavírus, conforme reportagem do jornal Extra.

“O Rio de Janeiro tem suas dificuldades e peculiaridades. Sei como é difícil a entrada de ambulância, difícil o conceito de manipulação de pessoas e de higiene. Estudei no Rio de Janeiro e conheço bem a cidade. A gente sabe as fragilidades do Rio”, declarou o ministro, que evitou contato direto com todos os presentes ao evento, incluindo o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, e a imprensa.

Entre as peculiaridade do Rio, Mandetta cita, o fato de ser uma cidade turística, os aglomerados nas ruas e no transporte público se apresentam como outros facilitadores da transmissão de coronavírus.

“Aqui você tem uma cidade muito estreita. Você tem o mar aqui, montanha aqui. A proximidade das pessoas no Rio de Janeiro é quase que constante o dia inteiro. Transporte público lotado, metrô funcionando, ônibus funcionando, cidade funcionando. E cidades que recebem muitos turistas, como o Rio, tendem a apresentar mais casos”, afirmou.

pt Português
X
EDITORIAS