Bolsonaro se irrita com pergunta sobre renda e abandona coletiva

Em frente ao Palácio da Alvorada na manhã desta quinta-feira (2), no mesmo momento em que uma apoiadora lhe pedia “Exército na rua” para fazer o comércio funcionar, Jair Bolsonaro se irritou com a pergunta de um jornalista sobre a sanção do projeto que instituiu o pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais, aprovado pelo Congresso, e a efetivação do pagamento.

Questionado sobre o anúncio da sanção, mas sua não publicação até aquele momento no Diário Oficial da União, Bolsonaro disse que aguardava uma Medida Provisória para que não passasse um “cheque sem fundo”, uma vez que o projeto, segundo ele, não indicava a origem da verba nos cofres públicos.

Com a insistência da pergunta, Bolsonaro se irritou e falou que há uma “burocracia enorme” para liberar. “Uma canetada errada é crime de responsabilidade. Vocês querem cavar minha própria sepultura?”, indagou. Questionado em seguida sobre os vetos que deu, respondeu que tinha acabado de explicar e abandonou a coletiva.

Informações de Poder 360 / Foto: Agência Brasil

EDITORIAS