China registra primeira queda no PIB desde 1992 por conta da pandemia

Foto: Fotos Públicas

O Produto Interno Bruto (PIB) da China caiu 6,8% no primeiro trimestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados oficiais divulgados nesta sexta-feira (17) pelo gabinete de estatísticas do governo.

Essa é a primeira queda para um período de três meses na economia chinesa desde 1992, quando o país passou a produzir estatísticas trimestrais. Na comparação com o último quarto de 2019, o desempenho negativo foi de -9,8%.

Os resultados se devem à pandemia do novo coronavírus, que manteve dezenas de milhões de pessoas sob quarentena no país durante cerca de dois meses e afetou o comércio internacional.

A produção industrial na China caiu 1,1% em março, quando as autoridades começaram a relaxar o isolamento, após ter despencado 13,5% no bimestre janeiro-fevereiro.

Segundo Mao Shengyong, porta-voz do gabinete de estatísticas, a economia chinesa manterá uma “recuperação estável” e a “tendência para cima vista em março”.

Ainda de acordo com os dados, as vendas no varejo caíram 15,8% em março, indicando leve melhora em comparação com o bimestre janeiro-fevereiro, que registrou uma queda de 20,5%. Já o investimento em ativos diminuiu 16,1%.

Com informações da Ansa

Foto: Fotos Públicas

pt Português
X
EDITORIAS