Comércio de Ipanema dá exemplo de solidariedade

Fotos: Divulgação

Por Alessandro Monteiro

O tradicional Bar do Beto, ponto da boemia carioca localizado no coração de Ipanema, Zona Sul do Rio, iniciou doação de 20 mil quentinhas em 25 de março, com programação de produzir 500 unidades diárias e que serão distribuídas nas comunidades da Rocinha e Complexo do Alemão inicialmente.

A população de rua tem fome e, por falta de acesso a cuidados de prevenção, todos ficam expostos ao coronavírus. Outros fatos que influenciam bastante é o comércio fechado e a falta de água nas favelas. Por isso é importante a mobilização da sociedade.

O bar está localizado no nº 51 da Rua Farme de Amoedo há 30 anos e sempre manteve suas ações sociais de forma silenciosa. No entanto, o momento atual é crítico.

Em parceria com o Instituto Candonga, que ajuda na distribuição das quentinhas, e a empresa Investiplan, que disponibilizou a doação de gêneros alimentícios, o estabelecimento pretende estender o período de doações. Até o fechamento desta edição, o valor arrecadado estava em R$ 10.000. “Muitos amigos e clientes entraram na corrente do bem. Cada um doa o que pode, R$ 1, R$ 10, até R$ 500, R$ 1.000. Tudo que vier nos ajudará na meta diária”, afirmou Deivide, atual gerente do local

Para doar:
Bar do Beto Ltda.
CNPJ: 30.514.384/0001-21
Banco: Bradesco
Agência: 0213
Conta Corrente: 85542-1

pt Português
X
EDITORIAS