Coronavírus antecipa campanha de vacinação contra a gripe

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Por Franciane Miranda

Ação começou em 23 de março a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Segundo o Ministério da Saúde, na primeira fase a prioridade são os idosos, por estarem no grupo de risco, e funcionários da Saúde, que estão na linha de frente da pandemia.

O objetivo da campanha é vacinar 67,6 milhões de pessoas em todo o Brasil. A imunização não combate o Covid-19, mas ajuda o diagnóstico por exclusão. O Ministério destaca que vai enviar 75 milhões de doses aos Estados. Vários países estão buscando uma vacina para o Covid-19, mas nada foi aprovado.

Com esta antecipação, o Ministério pretende diminuir o número de pacientes doentes nos postos de saúde e hospitais. A vacina protege de três tipos de vírus: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). De acordo com o cronograma, a próxima etapa acontece no dia 16 de abril.

O carioca pode encontrar a vacina nas 233 unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde). Os postos funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Foram disponibilizados cinco postos do Detran, além de sistema drive-thru − onde a pessoa não precisa descer do carro para ser atendido. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro informa que, até o dia 15 de abril, pretende imunizar 90% da população. A meta é vacinar pouco mais de dois milhões de pessoas.

.
EDITORIAS