Mix: Olimpíadas, solidariedade, Ronaldinho Gaúcho e Roland Garros

Por Sandro Barros

Mais perguntas sobre as Olimpíadas

O adiamento dos Jogos Olímpicos era necessário e até demorou a acontecer. Agora, o Comitê Olímpico Internacional (COI) tem outro grande problema para resolver. Com a mudança do evento para 2021, confederações e atletas ficaram com muitas perguntas que precisam ser respondidas e delas depende a preparação até que aconteça a competição. Por exemplo, além da própria data, existirão novos critérios para classificação? Com a palavra, o COI.

Exemplos de solidariedade dos clubes

O Covid-19 trouxe para o futebol brasileiro o resgate da função social de muitos clubes. São Paulo, Athletico-PR e Bahia, por exemplo, abriram suas estruturas a órgãos públicos que necessitem de espaço para atendimento a pacientes. Vasco e Botafogo também abriram seus estádios para receber vítimas. Torcemos para que essa relação solidária perdure quando a epidemia passar, aumentando ainda mais a paixão popular.

Solidariedade também no futebol inglês

Os jogadores e comissão técnica do inglês Leeds United decidiram adiar o recebimento de seus respectivos salários para garantir que os funcionários do clube sejam pagos integralmente durante a paralisação do futebol mundial causada pelo coronavírus. Em comunicado oficial, a equipe esclareceu que a iniciativa partiu do próprio elenco e que foi liderada pelos atletas mais experientes. A nota ainda afirma que clube tem 272 funcionários a serem remunerados.

Ronaldinho Gaúcho fora das manchetes

O caso de Ronaldinho Gaúcho, o presidiário mais famoso do Paraguai, deixou de ocupar as primeiras páginas do país. A pandemia do coronavírus, que deixou a população confinada em suas casas, tomou todas as manchetes dos jornais. Ronaldinho e o seu irmão Assis estão detidos desde 4 de março, depois de terem sido acusados de usar documentos falsos ao entrar no país. A prisão preventiva pode durar até seis meses.

Torneio de Roland Garros é adiado

Em decorrência da pandemia do coronavírus, o torneio de tênis de Roland Garros, o segundo ‘grand slam’ da temporada, foi adiado para o dia 20 de setembro. A decisão da Federação Francesa de Tênis foi tomada em 17 de março. A entidade informou que a mudança de data foi feita pensando no interesse de jogadores, mas alguns reclamaram sobre a falta de informação prévia. A antiga previsão era de iniciar o torneio no dia 18 de maio.

Fotos: Reproduções

.
EDITORIAS