Os animais podem contrair ou transmitir o novo coronavírus?

Foto: Reprodução

Por Alessandro Monteiro

O coronavírus canino é um vírus que pode causar infecções em qualquer cão, mas os cachorros são os mais suscetíveis. O vírus provoca uma infecção aguda, autolimitada, que não se torna crônica, sendo expulso nas fezes, e os contatos fecal e oral constituem a via de contágio. O período de incubação leva de 24 a 36 horas.

Importante ressaltar que o coronavírus de cães e gatos está relacionado às suas próprias espécies, logo nada tem a ver com o Covid-19 e não é transmitido aos humanos.

Caso o tutor pegue a doença, a orientação é clara: pessoas infectadas pelo Covid-19 devem ficar isoladas.

Logo, surge uma certa tranquilidade em relação ao assunto, mas é importante lembrar que, por se tratar de uma nova doença, a importância de acompanhar as pesquisas é um dever praticamente diário. Veterinários do mundo todo, tem como base o site da World Small Animal Veterinary Association para consultas e pesquisas.

Agora, e se o tutor pegar a doença, ele pode ficar na companhia do seu bicho durante a quarentena? A orientação atual é clara: evitar o contato dos infectados com todos os seres vivos, incluindo seres humanos e animais. Apesar de muitas fake news sobre assunto, é importante afirmar que cães e gatos não transmitem Covid-19 (sendo informações até o fechamento deste texto).

pt Português
X
EDITORIAS