Para onde vai o futebol brasileiro pós-coronavírus?

Foto: Reprodução

Por Sandro Barros

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o futuro do futebol brasileiro é uma interrogação. Com as partidas paralisadas por tempo indeterminado, a temporada já apertada pode ser encerrada apenas em 2021. Como não há previsão de controle da expansão do vírus, também não há uma definição sobre quando os jogos serão retomados.

Nesse momento de tantas incertezas, podemos imaginar três possíveis cenários sobre o futuro do calendário do futebol brasileiro, levando em conta as decisões tomadas pelas entidades do esporte, nas declarações de dirigentes e nas manifestações de autoridades públicas.

No primeiro cenário, os campeonatos estaduais ─ a maioria deles suspensa por tempo indeterminado e aguardando as avaliações sobre a expansão do Covid-19 ─ poderiam ser retomados no início de maio. Nesta hipótese, embora não seja a mais provável, haveria tempo para a temporada terminar ainda no ano de 2020, inclusive com a conclusão da Copa do Brasil (faltam dez rodadas) e a realização do Brasileirão, ambos com menos jogos.

Já no segundo cenário, a temporada seria retomada ao final de julho. Dessa forma, os torneios estaduais não teriam continuidade e também não haveria datas para os campeonatos nacionais neste ano, com os seus jogos finais sendo realizados no início de 2021.

Já a terceira possibilidade, com as competições voltando em agosto ou setembro, os cartolas teriam que adotar a fórmula do calendário europeu. Neste cenário, os estaduais estariam descartados de vez e os jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil ocorreriam no segundo semestre de 2020 e terminariam ao final do primeiro semestre do ano seguinte. Depois, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os clubes teriam que avaliar como readequar o calendário para os anos seguintes.

Como já dissemos, são apenas possíveis cenários. Neles não está incluída a continuidade da Copa Libertadores das Américas (faltam 11 rodadas) e da Sul-Americana (nove rodadas), bem como o início das eliminatórias para a Copa de 2022. Diante de absoluta imprevisibilidade, resta-nos acompanhar a situação dia após dia e ver no que dará. Enquanto a bola não rola ao vivo, reveja na internet partidas que marcaram o esporte, sem sombra de dúvidas uma grande paixão popular.

pt Português
X
EDITORIAS