Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Próxima parada, Recreio dos Bandeirantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Por Alessandro Monteiro

 

Bairro nobre da Zona Oeste, o Recreio dos Bandeirantes possui lugares ainda desconhecidos por boa parte dos cariocas. Além de sua bela praia, o bairro abriga ótimos lugares para conhecer e curtir com a família.

 

Museu da Casa do Pontal

Localizado numa reserva no bairro do Recreio dos Bandeirantes, é considerado um dos mais significativos museus de arte popular brasileira. Lá, uma exposição permanente reúne, em 1.500 m² de galerias, obras representativas das variadas culturas rurais e urbanas do Brasil, abrangendo atividades cotidianas, festivas, imaginárias e religiosas.

Também no acervo, mais de 40 anos de pesquisas e viagens por todo país do designer francês Jaques Van de Beuque e mais de oito mil peças de artistas produzidas a partir do século XX.

 

Parque Natural Municipal da Prainha

O parque fica bem em frente à praia e é usado por muitos surfistas e banhistas por ter banheiros, chuveiros e bebedouros. Além disso, tem uma flora e flora muito rica e bonita, bem propício para meditar, fazer piqueniques e belas fotografias. Criado em 1999 e inaugurado em 2001 para proteger o local das expansões imobiliárias, evitando a construção de condomínios e resorts.

Sua área é delimitada pela orla da Prainha e pelas vertentes litorâneas dos Morros do Caeté, Boa Vista e Pedra dos Cabritos, integrado ao Parque Estadual da Pedra Branca.

Durante o trajeto de subida, no meio dela é possível encontrar um mirante que permite uma bela observação da Prainha bem do alto. Considerado um dos melhores pontos do passeio, tem um cenário tipicamente carioca, cheio de árvores e pássaros nativos.

 

Parque Ecológico Chico Mendes

Inaugurado em 1989, com o intuito de preservar a Lagoinha das Tachas, é um habitat natural para muitas espécies de animais e vegetais ameaçados. Uma das poucas áreas da cidade para avistar alagados e restingas quase intactas, o parque é um oásis em meio ao caos da cidade.

Bromélias, ingás, répteis e pitangueiras fazem parte da atração do parque, cujo objetivo é proporcionar lazer e passeios em um ambiente totalmente integrado à natureza.

 

Fotos Reprodução

pt Português
X
Open chat