Com alta demanda em necrotérios, Prefeitura do Rio comprará containers frigoríficos

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta segunda-feira (18) que fará cotação para a compra de novos containers frigoríficos para atender três unidades de saúde do município. A medida dará suporte aos necrotérios que estão com alta demanda devido aos óbitos causados por covid-19.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não há data para a compra dos containers. Além dos equipamentos para armazenar os corpos que serão instalados no Hospital Ronaldo Gazolla, em Acari; na Coordenação de Emergência Regional (CER) Leblon e no Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, o governo municipal também fará a aquisição de equipamentos médicos para auxiliar no enfrentamento à covid-19.
Leitos

Em toda a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade do Rio, que inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais, há 1.735 pacientes internados com suspeita de covid-19, sendo 529 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

As taxas de ocupação de leitos de UTI para covid-19 na rede SUS no município é de 87%. A cidade do Rio de Janeiro é o principal foco do coronavírus no estado. De acordo com o informativo desta segunda-feira (18) da Secretaria de Estado e Saúde do Rio de Janeiro, o município possui 13.443 casos confirmados de covid-19 e 1960 óbitos ocasionados pela doença.

Com informações e foto da Agência Brasil

pt Português
X
EDITORIAS