Morre o compositor e escritor Aldir Blanc

O escritor e compositor Aldir Blanc, de 73 anos, morreu nesta segunda-feira (4) de Covid-19. Ele estava internado no CTI do Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, desde o dia 20 de abril. No último dia 10, o compositor deu entrada no CER Leblon com infecção urinária e pneumonia. Ele chegou a ser entubado em uma sala da unidade de saúde por falta de vagas em UTI.

Segundo o jornal Estado de S.Paulo, as primeiras informações descartavam a possibilidade dele estar com Covid-19, mas novos exames mostraram suspeita de coronavírus e o compositor foi submetido ao teste específico, que se revelou positivo.

O exame foi realizado pelo Laboratório Central Noel Nutels, da rede estadual. Apenas no dia 20, a família conseguiu transferi-lo para um leito de terapia intensiva no Pedro Ernesto.

São parcerias dele com João Bosco muitas canções de enormes sucessos na música popular brasileira, como O Bêbado e a Equilibrista, Bala com Bala, O Mestre-Sala dos Mares, De Frente Pro Crime e Caça à Raposa, além de outras quatro centenas de letras e composições, e uma também extensa obra como cronista.

 

Foto: Reprodução

pt Português
X
EDITORIAS