Rio tem quarentena prorrogada até 31 de maio

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), decidiu prorrogar até o dia 31 de maio a quarentena decretada no estado.Durante o fim de semana, o governador vai avaliar com a equipe em seu gabinete possíveis novas medidas de endurecimento da quarentena. Afirmando ainda que caso necessário, o governo vai aplicar o “lockdown”.

Na economia, o governo estima que o Rio de Janeiro deve perder, este ano, R$ 10,6 bilhões em arrecadação com ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e R$ 4 bilhões com royalties, por conta da pandemia.

As medidas anteriores previam a suspensão de uma série de atividades, como banhos de mar e festas, aulas nas redes pública e privada de ensino e em unidade de ensino superior.

  • Comícios, passeatas e carreatas;
  • Jogos de futebol e demais eventos desportivos;
  • Sessões de cinema e de teatro;
  • Shows;
  • Eventos em salão ou casa de festas, como aniversários;
  • Feiras e eventos científicos;
  • Visitação a unidades prisionais;
  • Visitação a pacientes diagnosticados com o Covid-19.
pt Português
X
EDITORIAS