Beto Coville, ator e diretor brasileiro vence prêmio de cinema em Los Angeles

Foto: Divulgação

O diretor da companhia Teatraço – Teatro Amador de Tabuaço, Beto Coville, venceu o prémio de melhor ator secundário, pelo desempenho no curta-metragem “A Margem”, de Rodrigo Tavares, no Indiex Film Festival, em Los Angeles. Beto que vive na conexão Brasil x Portugal, vem se destacando fortemente no universo do audiovisual.

O Festival tem por objetivo, a difusão e apoio a “projetos independentes, especialmente de baixo ou sem orçamento”, assim como a produções feitas em contexto escolar, “por alunos de cinema”, segundo o seu ‘site’. É organizado numa base bimestral, em Los Angeles, nos Raleigh Studios de Hollywood.

“É sempre gratificante ver o nosso trabalho reconhecido. Vindo de fora é uma sensação diferente, porque ninguém nos conhece e só levam em conta o nosso desempenho. Se nos premeiam é sinal de que gostaram realmente”, reagiu Beto Coville.

 

Foto: Divulgação

 

Sinopse

Mary é uma senhora humilde que abdicou de sua vida pessoal, em favor de seu irmão John, que vive em estado vegetativo após um acidente de infância.

Em meio às dificuldades impostas pela condição de seu irmão, ela se vê em um grande dilema:

Ela está doente e descobre que seu tratamento contra o câncer não foi eficaz. Sozinha e desamparada, Maria precisa decidir como lidar com João, incapaz de viver por conta própria.

O ator sublinhou ainda que “este filme é um trabalho de equipe” e, nesse sentido, partilha “o mérito” com Luísa Ortigoso e Rodrigo Tavares, sem esquecer o diretor de fotografia, Mário Melo Costa, e a estrutura da sua própria companhia, Teatraço.

pt Português
X
EDITORIAS