Categorias
Fica a Dica

A sexualidade contemporânea: muito além da anatomia

A proibição do feminino e a liberdade masculina! A emancipação da mulher e o direito do homem de ser vulnerável. São séculos de questões que dividem socialmente os gêneros e interrompem o processo evolutivo do ser como ele mesmo. Os psicanalistas entram nessa questão armados de grandes desenvolvimentos teóricos a partir de Freud e Lacan, e a atualidade os obriga a interrogar e confrontar as evoluções dos laços sociais. É sobre esses desafios contemporâneos que Homens, Mulheres, publicado pela Aller Editora e escrito por Colette Soler, se debruça.  No decorrer das doze aulas desse seminário, a psicanalista — uma referência mundial em sua área — leva o leitor a refletir sobre a sexualidade do sujeito, muito além da anatomia.

Se a psicanálise tem algo a dizer, é sobre a questão da sexualidade e das diferenças entre gêneros. A descoberta do inconsciente é um tema antigo e, ao mesmo tempo, muito atual, pois, desde a origem freudiana, novos fatos da ciência apareceram em nossa civilização. Foi a partir do discurso do pai da psicanálise que se tornou possível recolher testemunhos verídicos daquilo que homens e mulheres podem formular de si mesmos. Para o humano, a sexualidade é uma realidade discursiva, um produto dos discursos que ordenam os laços sociais. Sobre esta base se coloca a questão da clínica diferencial, posto que cada sujeito se relaciona de forma única. Os discursos são diversos, o que faz deste um problema em tempos de globalização.

Mais além dos ideais, os valores da sociedade não regulam outra coisa que as condutas de corpos, e isso desde as roupas no espaço público até as práticas mais íntimas de poder religioso e sexual. Foi preciso a ciência para universalizar o sujeito, fazendo nascer a vontade por lutas de emancipação, e para que nascer mulher se tornasse um tema debatido em sociedade.

Ficha Técnica:
Formato: ePub
Páginas: 233 páginas
Preço: R$ 39,90
Editora: Aller Editora
Gênero: Não Ficção, Psicanálise

Categorias
Cultura

Reinventar-se para resistir!

O Teatro Rival Refit tá fechado, mas continua resistindo, agora no mundo das lives. Curta nossa programação no Instagram!  Dia 7, Terça, o jornalista Marcos Salles conversa com o cantor e compositor Dudu Nobre. A quarta, dia 8,  é bafão: o produtor Eduardo Araúju recebe a poderosa drag queen Suellen Ribeiro. E na quinta, dia 9,  o papo promete ser lindo entre a cantora Olivia Hime e o poeta Geraldinho Carneiro, imortal da Academia Brasileira de Letras.  Todas as lives rolam a partir das quatro da tarde.  Teatro Rival Refit, 86 anos de resistência cultural.

AGENDA DA SEMANA

Dia 7 de Julho (terça-feira), 16h

Teatro Rival Refit Samba

Marcos Salles convida o cantor Dudu Nobre

Instagram @teatro.rival.refit

Dia 8 de julho (quarta-feira), 16h

Divinas Teatro Rival Refit

Eduardo Araúju convida drag queen Suellen Ribeiro

Instagram @teatro.rival.refit

Dia  9 de julho (quinta-feira), 16h

Bate-papo Teatro Rival Refit

A cantora Olivia Hime e o poeta Geraldinho Carneiro, imortal da Academia Brasileira de Letras

Instagram @teatro.rival.refit

Todas as lives rolam às quatro da tarde. Teatro Rival Refit, 86 anos de resistência cultural.

Categorias
Cultura Destaque

Diretor de novelas de sucesso, Marco Rodrigo promove curso online de interpretação para TV e cinema

Diretor de novelas de sucesso como “Fina Estampa”, “Negócio da China”, “A Favorita”, “Pé na Jaca”, “Cobras e Lagartos”, “Senhora do Destino”, entre outras, Marco Rodrigo – que atualmente está à frente da nova temporada do humorístico “Tô de Graça”, ministrará um curso, livre e online destinado a iniciantes e avançados, de interpretação para TV e cinema.

O objetivo é aproximar o ator da câmera, desvendando seus mistérios através de textos e situações cotidianas do mercado de trabalho.A metodologia desenvolvida pelo renomado diretor proporciona aos alunos o domínio das técnicas de atuação para câmera, permitindo que eles desenvolvam suas habilidades cênicas nas linguagens de televisão e cinema.

Entre os temas abordados, estão: posicionamento diante das câmeras, impostação vocal, conscientização de enquadramento, postura cênica e linguagem naturalista, entre outros exercícios específicos para atuação.

A partir da gravação de cenas dramáticas e de constante avaliação do professor, são trabalhadas técnicas de posicionamento em cena, noções de enquadramento, áreas, planos e movimentos das câmeras, entre outros exercícios específicos para atuação na câmera para iniciantes e avançados.

Inscreva-se clicando aqui