O crescimento e a importância das vendas online no varejo de moda pós pandemia

Foto: Reprodução

O comportamento de consumo mudou drasticamente com a pandemia aumentando de forma significativa as compras online.  Nossa redação conversou com Marília Carvalhinha, Consultora estratégica para empresas e Coordenadora da Pós-Graduação de Negócios e Varejo de Moda da FAAP, para entender melhor como andam as coisas.

Com os estabelecimentos fechados no começo da pandemia por conta das bruscas recomendações, diversos consumidores que antes não compravam online passaram a frequentar canais virtuais, gerando oportunidades para as empresas que tiveram que se adaptar a uma nova realidade.

Segundo Marília, as marcas que souberam se reinventar em meio a crise, já estavam inseridas em um universo de vendas online, e souberam levar em conta diversos fatores fundamentais para manter um negócio digital funcionando, como por exemplo, obter um e-commerce simples e agradável à navegação, contar com um serviço de marketing digital eficaz, que envolva a geração de um bom conteúdo e uma boa gestão de mídia de performance focada em resultados.

Tendo que manter o cliente por perto, as empresas precisaram criar opções de relacionamento por telefone, chat, instagram e whatsapp, a fim de levar segurança para essas pessoas que estavam fazendo suas compras online pela primeira vez.

Para manter suas operações de vendas online funcionando corretamente, além dessas listadas acima, Marília explica ser fundamental também estruturar toda a frente da operação, como o cadastramento de produtos que estarão disponíveis no e-commerce, sistemas integrados de gestão de estoque, logística de entrega e, quando necessário logística reversa.

“Esta estruturação tende a ser muito mais complexa quando se deseja tirar proveito de estoques descentralizados, que é o caso de utilizar lojas físicas também como centros de distribuição das vendas online.  A vantagem, neste caso, é a economia com logística e o melhor aproveitamento do estoque.” afirma Marília.

Por fim, Marília pontua quais são as vantagens das vendas online em relação ao varejo tradicional, e que irão ganhar ainda mais relevância a partir de agora:

O digital proporcionando dinâmicas diferentes

Com ações de vendas no digital, como por exemplo uma promoção relâmpago com impulsionamento de mídia, em horas já é possível saber se a ação está dando certo ou não. Eventualmente é até possível ajustar a ação, corrigindo rota antes de ela ser um completo fracasso. Em um varejo tradicional, tudo leva mais tempo para dar resultado.

Captação de dados

O digital proporciona para as empresas uma quantidade de dados que pode ser utilizado para a criação de estratégias específicas, como a sub segmentação de produtos e ações por cluster de clientes, entre outras possibilidades. Com dados e com a possibilidade de avaliar o resultado de ações em um tempo curto, espera-se muito mais dinamismo na gestão e na operação dos negócios.

“As empresas de moda tradicionalmente seguiam um ciclo longo entre a interpretação das tendências, desenvolvimento de produtos, produção ou importação, lançamento e vendas.  Esse tempo entre a idealização do produto e o momento da venda pode torná-lo parcialmente descolado da demanda” completa Marília.

pt Português
X
EDITORIAS