Categorias
Destaque Esportes

Confira como foi o 1° turno dos clubes cariocas no Campeonato Brasileiro 2020

O primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2020 chegou ao fim. E os times cariocas vivem em situações bem diferentes. A dupla Fla-Flu disputam na parte de cima da tabela. Já o Botafogo e o Vasco, estão na briga para sair de perto da zona do rebaixamento. Confira como foi o 1° turno de cada equipe do Rio de Janeiro.

Flamengo

A equipe rubro-negra termina o primeiro turno ocupando a segunda colocação com o mesmo número de pontos do Internacional, mas acaba perdendo no saldo de gol (14 Inter e 8 Fla). O Flamengo, atual campeão do Brasileirão, tem um dos melhores elencos do Brasil e aparece como um dos favoritos na briga pelo título. Seu treinador, o catalão Domenèc Torrent, vem recebendo algumas críticas, principalmente quanto ao desempenho ruim da zaga, mas no geral faz um bom trabalho.

Pedro comemorando um gol com os reservas sob olhar de Domenèc Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Números do Flamengo no 1° Turno

Jogos: 19

Vitórias: 10

Empates: 5

Derrotas: 4

Gols Pró: 33

Gols Sofridos: 25

Saldo de gol: 8

Aproveitamento: 61.4%

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Pedro/10 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Isla e Bruno Henrique/4 assistências

Fluminense

O tricolor carioca terminou essa primeira parte do campeonato em quarto lugar, contrariando as expectativas de muitos. A campanha do Fluminense neste Brasileirão é a maior pontuação do Tricolor em um turno de Brasileirão desde a edição de 2015, no primeiro ano da “era pós-Unimed”. A equipe, comandada na época por Enderson Moreira, anotou 33 pontos nos 19 primeiros jogos da competição, com 10 vitórias, três empates e seis derrotas. A missão de Odair Hellman para o 2° turno é manter a equipe brigando por uma vaga na próxima Libertadores.

Foto: Odair Hellman vem fazendo um bom trabalho após a eliminação do Fluminense na Copa do Brasil Foto: Mailson Santana/FFC

Números do Fluminense no 1° Turno

Jogos: 19

Vitórias: 9

Empates: 5

Derrotas: 5

Gols Pró: 29

Gols Sofridos: 21

Saldo de gol: 8

Aproveitamento: 56.1%

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Nenê/7 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Igor Julião/ 3 assistências

Botafogo

O Glorioso fechou o primeiro turno do campeonato em décimo quarto lugar, com apenas 20 pontos dos 54 disputados (O Botafogo tem um jogo a menos) e tendo uma das piores campanhas como mandante. A situação ruim do clube não é apenas em campo, os protestos da torcida contra a atual gestão e alguns jogadores do elenco, evidencia a pressão que o time alvinegro vai continuar tendo nesse 2° turno para evitar um possível rebaixamento. E para completar, o Botafogo segue em busca de um treinador.

O elenco do Botafogo vai precisar continuar unido para o restante do Campeonato Foto: Vítor Silva/ BFR

Números do Botafogo no 1° Turno

Jogos: 18*

Vitórias: 3

Empates: 11

Derrotas: 4

Gols Pró: 19

Gols Sofridos: 22

Saldo de gol: -3

Aproveitamento: 37%

*O Botafogo ainda precisa completar um jogo do 1° Turno contra o São Paulo

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Matheus Babi/ 5 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Bruno Nazário/2 assistências

Vasco

O Cruzamaltino termina o primeiro turno na décima sexta posição e lutando contra o rebaixamento, o que seria o 4° em sua história. O Vasco começou muito bem no campeonato e dava indícios de que essa temporada o time iria brigar por coisas maiores. Ramon Menezes fazia um bom trabalho, até que uma sequência de maus resultados e um desempenho ruim da equipe fez com que o time caísse na tabela e consequentemente veio à demissão de Ramon. Agora, com o treinador português Ricardo Sá Pinto, o clube carioca tenta se reerguer no Brasileirão e fugir da zona da degola.

Ricardo Sá Pinto conversa com os jogadores do Vasco Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Leia Também: Conheça o novo técnico do Vasco da Gama

Números do Vasco no 1° Turno

Jogos: 17*

Vitórias: 5

Empates: 4

Derrotas: 8

Gols Pró: 20

Gols Sofridos: 25

Saldo de gol: -5

Aproveitamento: 37.3%

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Cano/7 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Talles Magno/ 3 assistências

 

 

 

Categorias
Destaque Esportes

Definido calendário dos Jogos Estudantis 2020 do Estado do Rio de Janeiro

A edição 2020 dos Jogos Estudantis do Estado do Rio de Janeiro já tem data para começar. A primeira competição será no dia 23/11, na modalidade eSports, seguida por Tênis de Mesa, Corrida Virtual e Skate, que se iniciam no dia 28/11. Para dezembro, as demais modalidades seguem movimentando os jovens estudantes, de 12 a 17 anos*. O evento, promovido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, seguirá protocolos rígidos de segurança e saúde, devido à pandemia, e conta com co-produção da Spiridon e patrocínio da Enel Distribuição Rio, através da Lei de Incentivo Estadual.

O Estado do Rio de Janeiro assumiu o desafio de ser o único da Região Sudeste a realizar esta importante competição. Em um período em que pesquisas indicam que jovens têm deixado de praticar esportes, os Jogos Estudantis vêm contribuir para a mudança deste cenário. Este evento vai além da promoção da competição esportiva, pois fortalece o espírito de superação e engaja jovens e seus familiares no âmbito do exercício físico e bem estar, comenta Felipe Bornier, Secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente no site www.jogosestudantisrj.com.br , e são limitadas. Os atletas, estudantes de escolas públicas e privadas, podem se inscrever com autorização de um responsável técnico e legal, não sendo mais necessária inscrição direta da escola. O calendário de competições e outras informações estão disponíveis também no instagram dos @jogosestudantisrj.

Algumas modalidades são de 12 a 17 anos, como eSports, também aberto para pessoas com deficiência, e ginástica rítmica que será virtual. As demais modalidades serão de 15 a 17 anos, afirma a coordenadora dos Jogos Estudantis, da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Priscilla Honório.

Confira abaixo as datas das competições por modalidade:

Novembro e Dezembro

eSportes – Xadrez, Fifa 2020, Fortnite e Clash Royale (12 a 14 anos, também PCD) 23/11 a 04/12

Tênis de Mesa (15 a 17 anos) e Skate (14 a 17 anos) – 28/11

Corrida Virtual (15 a 17 anos) – 28/11 a 20/12

Dezembro

Surf (15 a 17 anos) – 03 a 06/12

Handbeach (15 a 17 anos) – 05 e 06/12

Natação (15 a 17 anos) – 06/12

Ginástica Rítmica Virtual (12 a 17 anos) – 06/12

Atletismo (15 a 17 anos) – 11 a 13/12

Basquete 3×3 (15 a 17 anos) – 12 e 13/12

Fut 7 (15 a 17 anos) – 17 a 20/12

Vôlei de Praia (15 a 17 anos) – 19/12

Jogos Estudantis 2020

Inscrições em www.jogosestudantisrj.com.br

Regulamento completo, calendário de competições, protocolos de segurança e saúde e demais informações também disponíveis em @jogosestudantisrj.

Sobre a Lei de Incentivo ao Esporte

A Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude tem como objetivo promover o esporte e a inclusão social, também por meio da realização de eventos esportivos através da Lei de Incentivo. Esta iniciativa permite que empresas contribuintes de ICMS patrocinem projetos com a futura compensação tributária em sua integralidade. Assim, fortalecer a juventude do estado, reforçar os mecanismos para o crescimento do indivíduo, contribuindo na formação da cidadania.

Sobre a Enel Distribuição Rio

A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 2,9 milhões de clientes atendidos pela companhia. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Categorias
Destaque Rio

Crivella libera permanência de banhistas na areia da praia e pistas de dança em alguns estabelecimentos

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou que dará início a sétima fase de flexibilização do município em meio à pandemia de Covid-19. Com isso, está permitida a permanência dos banhistas na areia da praia. E os Ambulantes de praia poderão vender bebidas alcoólicas e alugar guarda sol e cadeiras.

Em relação á educação, a volta às aulas de todas as séries das escolas e creches privadas estão autorizadas. De acordo com a prefeitura, a reabertura da rede municipal de educação será feita voluntariamente, com cada instituição tomando a decisão após reunião do conselho de pais com os professores, onde será decidido se a escola  atende os pré-requisitos para garantir segurança para alunos e profissionais.

A prefeitura libera também, o uso de pistas de dança em lanchonetes, bares, restaurantes, food parks e eventos sociais. Em casas de show e boates, ainda vale a regra de reserva de lugar numerado, com 2/3 da capacidade do ambiente.

De acordo com o último levantamento da Secretaria do Estado do Rio de Janeiro, os números registravam, 311.308 casos confirmados e 20.636 óbitos por Covid-19 no estado. Há 472 óbitos em investigação e 2.163 foram descartados. Entre os casos confirmados, 286.181 pacientes se recuperaram da doença.