Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Grupo Pique Novo lança turnê adiada pela pandemia

Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

Cartão postal mais famoso do país, a Cidade Maravilhosa abraça o lançamento da turnê “Roda de Samba do Pique Novo”. O espetáculo, que já estava pronto para começar antes do anúncio do isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus, tem inspiração no novo DVD do grupo, que reuniu cerca de 22 mil pessoas no Samba da Feira, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Apresentando canções como “Dom de Sonhar”, samba gravado em parceria com o cantor Tiee, e “Menina de Rua”, música com Príncipe. Além da romântica “Ligando os fatos”, um dos clássicos mais tocados do país.

“Foi difícil segurar a ansiedade, porque na verdade nós esperamos um ano para lançar o DVD e dar início à turnê. Nós demos uma segurada para entender como estava toda a questão da pandemia, do isolamento social e tudo mais. Esperamos o melhor momento para ser lançado, porque queríamos que fosse num momento especial”, revela o grupo que acharam na quarentena uma excelente oportunidade de ficar em casa cuidando da família, achando um ponto de equilíbrio e pensando sobre tudo o que estava acontecendo no mundo.

E é justamente pensando na pandemia, que ou convite vem acompanhado de um pedido especial. “É importante lembrar que apesar da liberação dos shows e eventos, ainda não existe uma vacina e o risco de se contaminar ainda é muito grande. Então é importante ainda seguir todos os protocolos de segurança. Usar máscaras, manter o distanciamento, usar álcool em gel e se divertir muito com a gente!”, ressaltam.

O repertório do show, a exemplo do que já foi feito no DVD, também trará músicas queridas do público que não são cantadas pelo grupo há um tempo, alternando com sucessos como ‘Uma estrela’, ‘No meu olhar’ e outras que não podem faltar. “São músicas que já foram apresentadas em diversas rádios e programas de TV durante anos, mas que continuam sendo muito atuais. E sempre são pedidas pelo público, que é o mais importante para a gente”, ressalta o grupo.

O espetáculo, “Roda de Samba do Pique Novo” pretende rodar os quatro cantos do Brasil, o interior do país e o exterior também. No palco Liomar (vocal), Cesinha (cavaco), Nego Binho e Binho Percussão (percussão), Edson Cigano (pandeiro) e Renato (bateria). “Vamos levar com a gente toda energia, vibração acumulado pelo Brasil e #Soltar O Pique.

Do subúrbio para o sucesso

Formado por Liomar (vocal), Cesinha (cavaco), Nego Binho e Binho Percussão (percussão), Edson Cigano (pandeiro) e Renato (bateria) essa galera do subúrbio do Rio conseguiu, depois de 30 anos de luta, o reconhecimento que buscava desde o início. Eles começaram a carreira tocando em festas de rua, bares e pequenas casas de show.  E lá se vão 10 CDs lançados, 3 DVDs, sendo esse “Roda de Samba do Pique Novo”, o 4º, que está sendo lançado agora pelo grupo, mantendo mais uma vez o seu estilo de não descaracterizar o verdadeiro pagode romântico e contagiante, marca principal do grupo.

O grupo que começou a tocar em festas de rua, bares e pequenas casas de show. Lançaram dois discos pela Paradoxx e mais três pela Sony Music. A ascensão do grupo se deu principalmente depois do segundo álbum pela Sony, o primeiro CD ao vivo, onde comemoravam 10 anos de carreira. CD qual chegou a ganhar disco de Ouro pelas mais de 100 mil cópias vendidas.

pt Português
X
Open chat