Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Na trilha do sucesso: entrevista com o cantor Gustavo Tibí

Foto: Reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

O cantor Gustavo Tibí é um dos grandes sucessos do momento no Brasil. Ele participou da mais recente edição do reality musical da Globo, “The Voice Brasil”, em que o vitorioso na grande final foi Victor Alves. Mas à despeito do programa, Tibí já tem acumulado grandes conquistas. Ele compôs a música “O problema é que você sabe”, sucesso da banda Onze20, que já conta com mais de 1 milhão de visualizações no Youtube, além de ter feito parte da banda Jamz, finalista do programa “Superstar”, da Rede Globo, em 2014.

Agora em carreira solo, Tibí vem lançando músicas autorais. Ele que já conta com seu primeiro álbum solo intitulado “Quase Pop”, um disco pop com influências do R&B, Blues e soul, com nove faixas, sendo sete delas compostas por ele mesmo e duas em parceria com o amigo Cassiano Andrade. Entrevistamos o cantor, que falou um pouco de sua carreira e trajetória na música.

 

DIÁRIO DO RIO A paixão pela música é algo que sempre esteve na sua vida. Qual a sensação de poder viver da música? 

 

GUSTAVO TIBÍ – Desde criança eu digo que gostaria de ser músico. Então eu me sinto muito privilegiado em poder estar vivendo o meu sonho e acima de tudo, amar a minha profissão.

 

DIÁRIO DO RIO Você teve bastante sucesso com a banda Jamz, participando do programa da Globo “Superstar”, indicações ao Grammy Latino, entre outras conquistas. Como foi viver todos esses momentos?

 

GUSTAVO TIBÍ – Eu amo a sensação de ser reconhecido pelo meu trabalho, ganhar prêmios, mas nada se compara ao contato que temos com os fãs. É muito bom ouvir as histórias que eles contam e de como a sua música os ajudaram em algum momento. É uma sensação que não tem preço.

 

DIÁRIO DO RIO  O The Voice é um programa que abre oportunidades para cantores e músicos de todo o Brasil. Você consegue descrever como foi participar dessa temporada do reality musical?

 

GUSTAVO TIBÍ – Me sinto muito honrado de ter chegado até as quartas de final desse programa que eu tanto admiro. Fiquei muito feliz com toda a repercussão que a minha participação gerou e agora estou focado para aproveitar as oportunidades que estão surgindo.

 

DIÁRIO DO RIO Quais são as suas referências na música?

 

GUSTAVO TIBÍ – As minhas maiores referências são: Ray Charles, Stevie Wonder, Djavan, Beatles e Gabriel, O pensador.

 

DIÁRIO DO RIO Além de cantor e músico, você já chegou a atuar algumas vezes. Você pensa em trabalhar como ator também?

 

GUSTAVO TIBÍ – Penso muito! Eu gosto muito de atuar e eu quero muito colocar esse plano para 2021.

 

DIÁRIO DO RIO Sobre o seu primeiro álbum solo, “Quase Pop”, como tem sido o feedback do público? E como foi para você ter seu trabalho solo sendo reconhecido?

 

GUSTAVO TIBÍ – O primeiro álbum na vida de um artista é muito especial, já que é um compilado de tudo que ele compôs até o momento. Não tem nada melhor do que saber que as suas músicas fazem parte da trilha sonora da vida das pessoas. Agora, por conta do The Voice, muita gente tem me enviado mensagens de apoio e perguntar sobre o segundo álbum. Isso me deixa tão feliz e realizado.

 

DIÁRIO DO RIO Quais são os planos e projetos futuros para a sua carreira?

 

GUSTAVO TIBÍ –  O que eu posso revelar no momento é que ano que vem lançarei muitas coisas inéditas e eu estou muito ansioso para conseguir viajar pelo Brasil levando o meu som e conhecendo novas histórias.

Por: Luhan Alves- Com supervisão de Claudia Mastrange 

pt Português
X
Open chat