Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Prefeito do Rio diz que vacinação contra covid-19 pode parar por falta de doses

Vacinação contra covid-19 pode parar no Rio por falta de doses (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, divulgou em suas redes sociais que a vacinação contra a COVID-19 pode ser paralisada na cidade, a partir de quarta-feira (17), por falta da chegada de novas doses.

A vacinação na cidade está na fase de imunização de pessoas acima de 80 anos e, segundo a prefeitura, está garantida para esta segunda (15) e para a terça-feira (16).

“Recebi a notícia de que não chegaram novas doses. Teremos que interromper nossa campanha. Hoje vacinamos pessoas de 84 anos e amanhã de 83. Estamos prontos e já vacinamos 244.852 pessoas”, postou Paes no Twitter.

Caso a vacinação seja mesmo paralisada nesta semana, a previsão é que o calendário só retorne na próxima segunda, dia 22 de fevereiro, quando a cidade deve receber mais doses da Coronavac.

“Só precisamos que a vacina chegue. Nova leva deve chegar do Butantan na próxima semana”, disse Paes.

A vacinação no Rio de Janeiro havia sido antecipada no dia 2 de fevereiro, com previsão de imunizar todas as pessoas a partir de 75 anos até o fim do mês. Agora, com a possível paralisação, o esquema deve voltar para o calendário original.

A prefeitura disse que, a partir da chegada de novas doses o plano segue sendo vacinar idosos com mais de 60 anos até março. Informou ainda que a segunda dose para as pessoas que já tomaram a primeira na cidade está garantida, independente da paralisação.

pt Português
X
Open chat