Categorias
Destaque Esportes

Confira o cenário de cada time carioca nas últimas rodadas do Brasileirão

 

Por: Luhan Alves

A penúltima rodada do Campeonato Brasileiro 2020 promete bastante. E dos clubes do RJ, o único que apenas cumpre tabela é o Botafogo, que foi rebaixado pela terceira vez em sua história. Flamengo, disputa o título do Brasileirão, Fluminense busca vaga direta na fase de grupos da Libertadores e Vasco luta contra o rebaixamento, o que aconteceria pela quarta vez em sua história.

 

Flamengo

O rubro-negro carioca vai jogar uma de suas partidas mais importantes dos últimos anos neste domingo (21), contra o Internacional, às 16h, no Maracanã. Se quiser continuar sonhando com o octacampeonato, o Flamengo vai precisar vencer o Colorado e na última rodada o São Paulo, no Morumbi. A derrota acaba com o sonho do título brasileiro. Willian Arão, que sofreu uma fratura no dedo do pé direito, em acidente no banheiro do Ninho do Urubu, tem poucas chances de jogar contra o time gaúcho. Gustavo Henrique deve ser o substituto.

Gabigol é uma das esperanças de gol na partida decisiva contra o Internacional Foto: Alexandre Vidal/CRF

 

Fluminense

Já garantido na próxima edição da Libertadores, após ficar 8 anos sem frequentar a competição, o tricolor carioca ainda tem chances de classificação direta na fase de grupos. Para terminar no G4 do Brasileirão, o Fluminense precisa vencer os seus dois últimos jogos e torcer por tropeços de São Paulo e Atlético-MG, algo difícil, porém não improvável. Outra possibilidade é se caso o Palmeiras, atual campeão da competição intercontinental, conquistar a Copa do Brasil, a vaga iria para o Flu, caso termine em 5° no Campeonato Brasileiro.

Nenê vem se destacando nas últimas partidas do Fluminense que luta por vaga direta na fase de grupos da Libertadores Foto: Lucas Merçon/FFC

Vasco

O Cruzmaltino vive mais uma vez o drama da luta contra o rebaixamento. O Vasco é o atual 17º colocado no Brasileiro, com 37 pontos. O Bahia, o primeiro fora do Z-4, tem um ponto a mais. A partida contra o Corinthians neste domingo (11), às 16h, na Neo Química Arena, será como uma final de campeonato para os vascaínos. Se perder este jogo e o Bahia vencer o Fortaleza, o Vasco será rebaixado mais uma vez em sua história. Um provável desfalque importante para equipe carioca é o meia Benítez, que faz tratamento por sentir dores musculares em uma das coxas. Apesar de não ter participado de todos os treinos da semana, ele viajou com a delegação.

A presença de Benítez na equipe titular diante do Corinthians ainda é incerta Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Botafogo

Já rebaixado para a Série B 2021, o alvinegro carioca está aproveitando estes últimos jogos da primeira divisão para testar jogadores da base, visando à próxima temporada. Fora de campo, a diretoria já começa o planejamento para a disputa da segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O clube segue buscando um treinador de peso para comandar o desafio que o Botafogo terá pela frente. Alguns reforços também podem chegar como o lateral-direito Jonathan, o volante Matheus Frizzo e o atacante Ronald. O Glorioso ainda negocia com o zagueiro Gilvan e o atacante Robson. A ideia inicial é de buscar atletas para compor o elenco e reforçar posições carentes.

Botafogo tem testado alguns meninos da sua base nos últimos jogos Foto: Vítor Silva/ BFR

 

Categorias
Destaque Esportes

Fluminense enfrenta Atlético-GO de olho no G4 do Brasileirão

 

O Fluminense vai reencontrar seu algoz na eliminação da Copa do Brasil esse ano. O Tricolor e o Atlético-GO se enfrentam nesta quarta-feira (16), em Goiânia, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes vão se enfrentar pela quarta vez em 2020. Até agora foram uma vitória para cada lado, pela Copa do Brasil, e um empate no primeiro turno do Brasileirão. A partida desta noite será no estádio Antônio Accioly, às 21h30.

O Tricolor vem de um empate amargo contra o Vasco e com uma invencibilidade de quatro jogos. A vitória será muito importante para o destino do Fluminense no campeonato, já que a equipe carioca está disputando uma vaga para a Libertadores do ano que vem. Esse será o segundo jogo de Marcão após a saída de Odair Hellmann.

A tendência é que Marcão não faça muitas mudanças, até por ter tido só um dia para treinar a equipe após o empate com o Vasco. Do time que jogou no clássico, a mudança vai ficar apenas por conta de Wellington Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Fred e Caio Paulista são os mais cotados para a vaga. Se o camisa 9 for escolhido, Marcos Paulo vai para ponta.

Marcos Paulo é um dos destaques do Fluminense Foto: Mailson Santana/FFC

Provável Escalação: Marcos Felipe, Igor Julião, Matheus Ferraz e Luccas Claro e Egídio; Hudson, Yuri Lima e Michel Araújo; Marcos Paulo, Nenê e Fred(Caio Paulista). Técnico: Marcão

O Atlético-GO vem de uma vitória fora de casa contra o Ceará, chegando aos 31 pontos e pulando para a 12ª posição. Agora, a equipe goiana tenta melhorar seu rendimento como mandante. Das sete vitórias do Dragão na Série A, só duas foram em casa. O desfalque fica por conta do volante Willian Maranhão, que está suspenso. Pereira surge como o nome mais cotado para assumir a vaga, tendo em vista que Matheus Vargas (suspensão) e Rithely (lesão) também são desfalques. Baralhas corre por fora. No ataque, há dúvida entre Danilo Gomes e Gustavo Ferrareis.

Provável Escalação: Jean, Dudu, João Victor, Éder e Nicolas; Pereira, Marlon Freitas e Chico; Danilo Gomes(Ferrareis), Janderson e Zé Roberto. Técnico: Marcelo Cabo

Bom retrospecto

O Fluminense conta com um retrospecto favorável como visitante diante do Atlético-GO. De acordo com dados do site “Fluzao.info”, foram 10 partidas em Goiânia, com sete vitórias tricolores, um empate e apenas duas derrotas, sendo quatro jogos no Estádio Olímpico Pedro Ludovico e seis no Serra Dourada.

Arbitragem

Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

Assistente 1: Thiaggo Americano Labes

Assistente 2: Éder Alexandre (SC)

Árbitro de vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)

Transmissão

Globo (com narração de Gustavo Villani e comentários de Júnior e Roger Flores) e Premiere (com narração de Jader Rocha e comentários de Pedrinho e PVC);

 

Categorias
Destaque Esportes

Flamengo e São Paulo se enfrentam em jogo decisivo na Copa do Brasil

Flamengo e São Paulo se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, no Morumbi, no segundo confronto das quartas de final da Copa do Brasil. A partida promete ser bastante intensa e mesmo sem a presença da torcida, terá um clima de decisão por tudo que envolve esse jogo. A vantagem é do Tricolor, já que venceu por 2 a 1 no Maracanã. O time paulista joga por um empate para garantir a vaga. Já o Rubro-Negro precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar no tempo normal. Uma vitória do Fla por um gol de diferença leva a decisão aos pênaltis.

O Flamengo tem diversos desfalques por questões físicas. Rogério Ceni terá que fazer algumas mudanças no time por conta dessa situação. Em relação aos titulares escalados no Maracanã, Gabigol é a ausência. A provável novidade é a presença de Arrascaeta desde o início, apesar de não estar na condição física ideal. Everton Ribeiro e Isla, que jogaram por Brasil e Chile na terça-feira (17), tiveram os nomes incluídos na relação do jogo. Ambos foram titulares. Isla jogou o tempo inteiro. Everton foi substituído aos 91 minutos do segundo tempo.

Rogério Ceni observa Gerson no último treinamento antes da partida contra o São Paulo Foto: Reprodução Flamengo/ Alexandre Vidal

Já no São Paulo, a situação é melhor do que a do seu adversário. Com praticamente todo o elenco à disposição, Fernando Diniz deverá manter o time que venceu o Flamengo no jogo de ida. A equipe paulista vai com força máxima para essa partida decisiva na Copa do Brasil.

Fernando Diniz vai com força máxima para a partida decisiva contra o Flamengo Foto: Reprodução/São Paulo FC

Importância da classificação no aspecto financeiro

A Copa o Brasil de 2020 se aproxima de sua reta final e além da vaga para a Libertadores de 2021, outro motivo que dá a importância e a valorização da classificação para a próxima fase é a alta premiação. O campeão vai receber pelo título R$ 54 milhões, R$ 2 milhões a mais que o Athletico-PR recebeu no ano passado. No total, somando todas as fases, o campeão pode arrecadar até R$ 72,8 milhões, dependendo da fase que ele entrar.

Confira a premiação da Copa do Brasil

  • *1ª fase: R$ 1,1 milhão (Grupo 1), R$ 950 mil (Grupo 2) e R$ 540 mil (Grupo 3)
  • *2ª fase:R$ 1,3 milhão (Grupo 1), R$ 1,03 milhão (Grupo 2) e R$ 650 mil (Grupo 3)
  • 3ª fase: R$ 1,5 milhão
  • 4ª fase: R$ 2 milhões
  • Oitavas:R$ 2,6 milhões
  • Quartas:R$ 3,3 milhões
  • Semifinal: R$ 7 milhões
  • Vice-campeão: R$ 22 milhões
  • Campeão: R$ 54 milhões

*Grupo 1, 2 e 3 (a CBF paga mais para quem está melhor ranqueado).

Prováveis Escalações

Flamengo: Diego Alves, Matheuzinho, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Renê; Arão, Gerson e Arrascaeta; Vitinho, Michael(Pedro Rocha) e Bruno Henrique. Técnico: Rogério Ceni

São Paulo: Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Diego e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Brenner e Luciano. Técnico: Fernando Diniz

Arbitragem

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio – GO (Fifa)

Assistente 1: Fabricio Vilarinho da Silva – GO (Fifa)

Assistente 2: Cristhian Passos Sorence – GO (CBF)

VAR: Wagner Reway – PB (CBF)

Por: Luhan Alves (com supervisão de Cláudia Mastrange)