Categorias
Esportes Rio

Competições de cinco modalidades dos Jogos Estudantis 2020 acontecem neste fim de semana

Calendário tem Fut 7,Vôlei de Praia, Tênis de Mesa, eSports, além da Corrida Virtual que segue com inscrições abertas até o dia 18/12.

Os Jogos Estudantis 2020 chegaram a sua quarta semana de competições e com atletas cheios de gás para competir. E entre os dias 18 e 19/12 haverá competições de Fut 7 na Barra da Tijuca, Vôlei de Praia no Flamengo, Tênis de Mesa na Tijuca e Corrida Virtual e eSports de forma on-line, este também aberto à participação de pessoas com deficiência. O evento, que reúne estudantes de 12 a 17 anos*, de escolas públicas e particulares de todo o Estado, é promovido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, tem co-organização da Spiridon e patrocínio da Enel Distribuição Rio, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

No Fut 7, Letícia Silva, de 16 anos, é uma das jovens atletas participantes. Moradora de São Gonçalo, tem treinado intensamente com outras jogadoras de sua escola, e está ansiosa para tentar levar a medalha de ouro para casa.

– Sou jogadora de futebol feminino, mas é a primeira vez que disputo uma competição pelo Fut 7. Apesar das diferenças entre uma modalidade e outra, o carinho pelo esporte e a vontade de participar são grandes, assim como a confiança para ganhar – afirma Letícia.

As inscrições para a Corrida Virtual ainda estão abertas e podem ser feitas de forma gratuita pelo site www.jogosestudantisrj.com.br até o dia 18, com autorização de um responsável técnico e legal, não sendo mais necessária inscrição direta da escola. Na modalidade estão disponíveis provas de 3km e 5km, podendo ser realizadas sem que os estudantes precisem sair de seus municípios.

 – A realização dos Jogos Estudantis, além de incentivar os jovens a praticarem diferentes esportes, potencializa a socialização, o espírito competitivo e desperta outras habilidades que impactarão em todas as áreas da vida – declara o Secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Leandro Alves.

Ao todo, os Jogos Estudantis 2020 reúnem competições de 12 esportes diferentes: atletismo, natação e eSports também abertas a participação de pessoas com deficiência, além de vôlei de praia, tênis de mesa, ginástica rítmica (virtual), e as novidades: handbeach, surf, fut7, basquete 3×3, corrida virtual e skate. Esta edição do evento está seguindo rígidos protocolos de segurança e saúde, com modalidades virtuais, individuais e de baixíssimo contato.

Confira abaixo as datas das competições de todas as modalidades:

Corrida Virtual (15 a 17 anos) – até 19/12

eSportes – Xadrez, Fifa 2020, Fortnite e Clash Royale (12 a 17 anos, também PCD) – 12/12 a 21/12

Fut 7 (15 a 17 anos) – 18 a 20/12

Vôlei de Praia (15 a 17 anos) – 19/12

Tênis de Mesa (15 a 17 anos) – 20/12

SERVIÇO

Jogos Estudantis 2020

Inscrições em www.jogosestudantisrj.com.br

Regulamento completo, calendário de competições, protocolos de segurança e saúde e demais informações também disponíveis em @jogosestudantisrj.

===

Sobre a Lei de Incentivo ao Esporte – A Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude tem como objetivo promover o esporte e a inclusão social, também por meio da realização de eventos esportivos através da Lei de Incentivo. Esta iniciativa permite que empresas contribuintes de ICMS patrocinem projetos com a futura compensação tributária em sua integralidade. Assim, fortalecer a juventude do estado, reforçar os mecanismos para o crescimento do indivíduo, contribuindo na formação da cidadania.

Sobre a Enel Distribuição Rio – A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 2,9 milhões de clientes atendidos pela companhia. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Sobre a Spiridon – A Spiridon é a empresa pioneira no mercado Running no Brasil, atingindo a marca de 28 anos no mercado. Com mais de 500 eventos relevantes em sua trajetória, sempre na busca pela excelência. Mais de 1.800.000 atletas inscritos em suas provas, fazendo um total de mais de 7.500 km de corridas já realizadas. Sempre com novos parceiros e com abordagens criativas e personalizadas, agregando valores às marcas.

Categorias
Destaque Esportes

Botafogo retorna com sua equipe de basquete

A equipe de basquete do Botafogo irá voltar para as quadras. O clube, que ficou de fora do Novo Basquete Brasil (NBB) por não ter quitado dívidas com o elenco, foi anunciado nesta quarta-feira (4) como um dos participantes da próxima edição do Campeonato Brasileiro.

A competição vai contar com 12 equipes e, segundo a CBB, começa em 13 de fevereiro. Os times são: Joinville Basquete, Black Star, os dois de Joinville; Brusque Basquete e Blumenau Basquete, ambos catarinenses; Ponta Grossa, do Paraná, campeão em 2019, ADRM Maringá e Londrina Basketball, também do Paraná; Vila Nova representa Goiás e o Osasco será o único time de São Paulo. O Campeonato Brasileiro é a segunda divisão nacional e dá direito ao campeão de participar do NBB, torneio organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB).

Botafogo irá retornar para as quadras de basquete Foto: Guilherme Faria/ Niterói Basquete Clube

Leonardo Bessa, repórter e fundador do portal @selecaoalvinegra, avalia o retorno do time de basquete do Botafogo.

Avalio como algo bem positivo. Torcedor do Botafogo se acostumou bastante com a equipe de Basquete e o término precoce do antigo time foi um baque. Agora é hora de reconstruir, recomeçar. Botafogo é campeão brasileiro e sul-americano na modalidade. Precisa ser respeitado como tal.

O jornalista da Rádio Poliesportiva, Yuri Murta, também comentou sobre a volta do Botafogo no basquete.

Sinceramente eu avalio esse retorno com certo otimismo. O Botafogo vive complicações políticas que todos conhecem, mas o movimento Juntos pelo Basquete prometeu seguir com time adulto e agora cumpre a promessa. Tudo bem que não irá disputar o NBB, mas o CBB já é um bom começo e um bom sinal. Resta saber se conseguirá manter a vaga na Champions das Américas para fazer um projeto ainda maior.

De acordo com o texto publicado no blog do jornalista do UOL, Demétrio Vecchioli, o clube que representa o Botafogo no NBB não é o Botafogo de Futebol e Regatas, mas a Associação Botafogo Olímpico, um CNPJ independente apto a receber recursos públicos incentivados. O time de basquete só não acabou de vez porque Carlos Salomão, um torcedor do alvinegro carioca, conseguiu junto à diretoria o direito de continuar tocando o projeto, desde que isso não gerasse custos ao clube.

Ele até chegou a tentar a engenharia financeira para pagar as dívidas com os jogadores e inscrever o time no NBB. Porém não conseguiu, mas manteve a equipe viva, inscrevendo-a no Campeonato Brasileiro, com um investimento bem mais baixo, na casa de R$ 500 mil.

Perguntados sobre até onde o Botafogo pode chegar no Campeonato Brasileiro de basquete, os especialistas responderam que ainda é cedo para fazer qualquer análise sobre esse aspecto.

Leonardo: “A campanha no CBB vai depender da formação do elenco a partir dos recursos que forem captados. Ainda é bem cedo, mas ao longo das próximas semanas devemos ter um panorama um pouco mais claro para projetar isso”.

Yuri: “Acredito fortemente que deva montar uma equipe para brigar pelas primeiras colocações. É muito difícil opinar agora quando os times ainda estão em formação, faltando ainda 3/4 meses para o começo do torneio”.

Leia Também: Confira como foi o 1° turno dos clubes cariocas no Campeonato Brasileiro 2020

Categorias
Colunas Marcelo Servidone | Automobilismo

Gold Classic – Uma categoria de carros clássicos de competição fabricados antes de 1993!

Uma categoria com status oficial de Campeonato Interestadual que dá água na boca dos saudosistas dos nossos tão amados carros clássicos.

A Categoria teve seu início em 2018, como prova festiva para compor a programação preliminar da Cascavel de Ouro, com grid de 44 carros.

Em 2019 houve mais uma edição festiva acompanhando a Cascavel de Ouro, em novembro daquele ano, na qual os 50 carros (limite da pista) foram inscritos com cinco meses de antecedência, os participantes solicitaram uma edição extra antes disso e, na contramão da cronologia, outra edição foi realizada em Interlagos, em setembro/19, com 54 carros no grid.

A boa aceitação fez com que a Gold Classic, com chancela das federações de automobilismo do Paraná e de São Paulo, assumisse em 2020 status oficial de Campeonato Interestadual, e quem sabe para 2021 este campeonato não venha a abranger mais Estados da Federação.

A Gold Classic tem sete subcategorias, baseadas nas configurações técnicas de cada carro. A exigência primordial, válida para todas, é que os modelos de carros tenham fabricação de 1993 para trás.

O calendário original para 2020 previa quatro etapas, sendo três com duas corridas de 30 minutos, cada, e uma de longa duração, com duas horas.

A primeira etapa, dia 1º. agosto em Cascavel, teve 30 carros, e a segunda etapa, dia 11 de outubro em Curitiba, teve 54 carros inscritos (largaram 52).

A etapa final, dia 28 de novembro em Interlagos, tem 62 carros inscritos (limite da pista) e outros 18 na fila de espera.

Todas as edições da Gold Classic tiveram transmissão ao vivo na internet com geração de imagens da Master/CATVE, Algumas edições tiveram também transmissão de TV, ao vivo (Rede Cultura do Paraná) ou em VT (National Sports Channel e programa “Velocidade Máxima”, que é distribuído a várias emissoras de sinal a cabo).

 

Por, Marcelo Servidone, Dr., CEO Grupo Servidone

Categorias
Brasileiro com muito Orgulho Destaque

Edson Arantes do Nascimento – Pelé

Mundialmente conhecido como Pelé, nasceu em 23 de outubro de 1940 em Três Corações, Minas Gerais, Brasil e ex- futebolista brasileiro que atuava como atacante. Ele é amplamente considerado como um dos maiores atletas de todos os tempos.

Em 1999, ele foi eleito Jogador do Século pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS) e foi um dos dois vencedores conjuntos do prêmio Melhor Jogador do Século da Fifa. Nesse mesmo ano, Pelé foi eleito Atleta do Século pelo Comitê Olímpico Internacional. Segundo a IFFHS, Pelé é o maior goleador da história do futebol, marcando 650 gols em 694 partidas da liga, e no total 1281 gols em 1363 jogos, que incluem amistosos não oficiais, um recorde mundial do Guinness. Durante sua carreira, chegou a ser por um período o atleta mais bem pago do mundo.

Pelé começou a jogar pelo Santos Futebol Clube aos quinze anos e pela Seleção Brasileira de Futebol aos dezesseis. Durante sua carreira na seleção, ele ganhou três Copas do Mundo da Fifa: 1958,1962 e 1970, sendo o único jogador a fazê-lo. Ele também é o maior goleador da história da seleção brasileira, com 77 gols em 92 jogos. Em clubes, ele é o maior artilheiro do Santos e os levou à conquista da Copa Libertadores da América de 1962 e 1963.

Conhecido por conectar a frase ” ogo bonito” ao futebol, a “ação eletrizante e a propensão a objetivos espetaculares” de Pelé fizeram dele uma estrela rapidamente, e sua equipe fez turnês internacionais, a fim de aproveitar ao máximo sua popularidade. Desde que se aposentou em 1977, é embaixador mundial do futebol e fez muitos trabalhos de atuação e comerciais. Em janeiro de 1995 foi nomeado ministro do esporte no governo Fernando Henrique Cardoso. Em 2010, foi nomeado Presidente Honorário do New York Cosmos.

Com média de quase um gol por jogo ao longo de sua carreira, Pelé era especialista em chutar a bola com qualquer dos pés, além de antecipar os movimentos de seus oponentes em campo. Embora predominantemente atacante, ele também podia se aprofundar e assumir um papel de playmaker, fornecendo assistências com sua visão e habilidade de passe; ele também usava suas habilidades de drible para ultrapassar os adversários. No Brasil, é aclamado como herói nacional por suas realizações no futebol e por seu apoio franco a políticas que melhoram as condições sociais dos pobres. Ao longo de sua carreira e aposentadoria, Pelé recebeu vários prêmios individuais e de equipe por seu desempenho em campo, suas conquistas recordes e seu legado no esporte.

Categorias
Rio

Lateral Rafinha comemora niver do filho caçula

O jogador do Rafinha, comemorou em sua casa, o aniversário do Caçula Rafael Lucas essa semana, numa festinha em família, o lateral comemorou ao lado da esposa Fernanda e das filhas Manu e Sofia. O tema escolhido foi o Circo, Rafinha fez questão de usar o estilo “pai e filho”, um pedido prontamente atendido pela estilista Aline Brustolim da empresa Índigo Trend, que idealizou o look para família.

Ele que está de saída do Flamengo, optou por fazer valer uma cláusula de liberação gratuita para o futebol europeu. Ele assinará um contrato de dois anos com o clube grego.

 

 

 

Categorias
Social

Torcedores do Botafogo mobilizam doadores de sangue no Rio de Janeiro

A 9ª edição da Campanha BotaSangue pretende sensibilizar doadores e aumentar os estoques sanguíneos, que estão com déficit que chegam a 60%

Os torcedores do Botafogo entram em campo novamente com a 9ª edição da Campanha BotaSangue, realizada pelo Banco de Sangue Serum, em parceria com o Botafogo de Futebol e Regatas, no período de 18 a 31 de julho, voltada também para todas as torcidas que quiserem se unir a essa corrente do bem pela vida.

Divulgada nas redes sociais com a hashtag #NinguemDoaSangueComoAGente, a campanha tem o objetivo de mobilizar a sociedade para a importância da doação de sangue, principalmente nesta época do ano.

Os primeiros doadores serão presenteados com uma camiseta exclusiva da Campanha BotaSangue.

Requisitos básicos para doação de sangue:

  • Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Pesar no mínimo 50 kg;
  • Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
  • Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;
  • Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
  • Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
  • Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
  • Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;
  • Não ter diabetes em uso de insulina;

Critérios específicos para o CORONAVÍRUS:

  • Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
  • Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 14 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
  • Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;
  • Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Serviço
Banco de Sangue Serum

Endereço: Rua Riachuelo, 43, Centro – Rio de Janeiro
Dentro do Hospital da Ordem do Carmo, 3º andar
Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h.
Telefone: (21) 3233-5950 | WhatsApp: (21) 97231-4651
Estacionamento conveniado durante a doação – Landeiras Park, Avenida Gomes Freire, 769 – Lapa

Categorias
Esportes

Flamengo anuncia saída do técnico Jorge Jesus

orge Jesus teve uma passagem vitoriosa, de 13 meses, no comando do Flamengo, conquistando em 2019 a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro. Já em 2020 ele garantiu os títulos da Supercopa do Brasil, da Recopa Sul-Americana, da Taça Guanabara e do Campeonato Carioca.

“Em nome de toda a diretoria e dos 42 milhões de rubro-negros que formam a Maior Torcida do Mundo, o nosso maior agradecimento a ele e toda sua comissão técnica por tudo o que foi feito e o nosso desejo que continuem mantendo o enorme sucesso como tiveram conosco”, diz a nota do time da Gávea.

Após o anúncio do Flamengo, o Benfica de Portugal publicou em seu perfil no Twitter o acerto com o treinador.

Categorias
Destaque Esportes

Fla vence o Volta Redonda e pega o Flu na final da Taça Rio

O Flamengo confirmou o favoritismo ao vencer por 2 a 0 o Volta Redonda neste domingo (5), no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros se classificaram para a final da Taça Rio na próxima quarta-feira (8). O jogo será às 21h30, também no Maracanã.

No primeiro tempo, os rubro-negros demoraram a engrenar, mas abriram o placar com Bruno Henrique. Já no início do segundo tempo, novamente Bruno Henrique aumentou a vantagem.

Foto: Divulgação/Mailson Santana

Na outra partida da semifinal, o Fluminense aproveitou a vantagem e se garantiu na final da competição Taça Rio. Neste domingo, os tricolores empataram por 0 a 0 com o Botafogo, no Nilton Santos.

O Fluminense teve uma boa atuação no primeiro tempo. No entanto, viu o Botafogo crescer na etapa final. Os tricolores seguiram com problemas no setor ofensivo e pouco incomodaram a zaga alvinegra. Do outro lado, os alvinegros chegaram a acertar a trave de Muriel com Bruno Nazário.

Caso o Flamengo conquiste a Taça Rio, assegurará automaticamente o bicampeonato do Campeonato Carioca. No entanto, se o Fluminense vencer o título estadual será decidido em dois jogos – dias 12 e 15 de julho – entre os campeões do primeiro turno (Flamengo) e do segundo (Fluminense).

Categorias
Esportes

Clubes de futebol às voltas com esvaziamento de seus sócios-torcedores

Por Sandro Barros

Sem ter bola rolando nos gramados por tanto tempo por conta da pandemia da covid-19, os clubes de futebol do Brasil vão sentindo cada vez mais o prejuízo financeiro. Além de não contarem com as bilheterias dos jogos, eles também amargam a perda e a inadimplência dos seus programas de sócio-torcedor.

Com o futuro incerto quanto ao mercado de trabalho, e com muitos já sem empregos, mesmo os mais fiéis torcedores se vêem muitas vezes em um dilema: estar quite com a mensalidade ou colocar comida em casa. Levando isso em consideração, uma parte considerável vem escolhendo a segunda opção. Outra situação que pesa muito na decisão é o fato de estar em dia com o clube e não poder ir ao estádio, não gozando dessa forma do maior atrativo do programa. E a isso se acrescenta outro detalhe: mesmo quando os jogos retornarem, sabemos que no primeiro momento eles acontecerão sem torcida, como no campeonato alemão.

O Cruzeiro, que está na Série B do Brasileirão em 2020, vive intensamente essa difícil realidade. Com uma dívida de aproximadamente R$ 800 milhões, a diretoria do clube mineiro anunciou a perda de 50% na arrecadação do programa de sócio-torcedor durante a pandemia, em decorrência dos torcedores que não renovaram seus planos. A receita do clube caiu na mesma proporção.

Já o Flamengo ─ clube de maior torcida do país e que faturou quase R$ 1 bilhão em 2019 ─ já perdeu mais de dez mil sócios desde a paralisação dos campeonatos. Apesar disso, a diretoria do Rubro Negro carioca informou que as entregas prometidas pelo plano de sócio-torcedor serão integralmente cumpridas a partir do momento em que as autoridades derem sinal verde para a volta do futebol. Com jogos e treinos vetados, o Rio de Janeiro é um dos Estados mais afetados pela pandemia.

Incentivos dos clubes

O Vasco busca superar a situação dramática nas finanças, sufocadas por uma dívida de R$ 700 milhões, com a ajuda do torcedor. No ano passado, o clube ganhou mais de 150 mil novos sócios através de uma promoção. Porém, entre abril e maio de 2020, as baixas no programa superaram três mil torcedores. Para não perder mais contribuintes, a diretoria do Cruzmaltino disponibiliza bonificações a quem renovar o plano. Além disso, correntes políticas do clube também lançaram campanhas incentivando sócios a manter os pagamentos em dia.

Ainda no Rio de Janeiro, o Fluminense oferece descontos na mensalidade e na adesão. Com isso, a cada baixa no programa de sócios o tricolor carioca tem somado uma média de três novos contribuintes. No Bahia, a saída foi uma campanha para que torcedores antecipassem três parcelas de pagamento. O resultado foi muito positivo, com mais de mil sócios dando suas contribuições antecipadas ao programa, que, atualmente, é a sua única fonte de renda.

Outros clubes também se mobilizam para contornar a debandada de associados na crise. O Atlético-MG anunciou uma extensão gratuita de três meses aos planos de torcedores adimplentes e novos sócios. O Fortaleza adotou medida parecida, com dois meses a mais de gratuidade.

Categorias
Esportes

Bernie Ecclestone: ‘deveríamos suspender o campeonato este ano da F1’

O ex-chefão da Fórmula 1 Bernie Ecclestone afirmou que a temporada 2020 da categoria deveria ser cancelada, como consequência da pandemia de coronavírus.

As primeiras oito corridas da nova temporada foram canceladas ou adiadas, enquanto que as dúvidas aumentam sobre a possibilidade dos outros 14 Grandes Prêmios programados para 2020 serem disputados.

De acordo como o regulamento da categoria, são necessárias pelo menos oito corridas completas para que a temporada seja validada, mas Eccelstone, ex-dono da competição, considera isso inviável. “Deveríamos suspender o campeonato este ano e começar novamente no ano que vem, espero, já que não vejo como será possível correr as oito corridas que contam para o campeonato”, declarou o ex-dirigente de 89 anos à rádio BBC.

Ecclestone também comentou a situação do compatriota Lewis Hamilton, que aspirava nesta temporada igualar o recorde de sete títulos mundiais do alemão Michael Schumacher.

Alguns especialistas consideram que Hamilton terá mais dificuldades caso o calendário seja encurtado, mas Ecclestone vê a situação de outra maneira: “Não acredito que tenha muita diferença para Lewis. Ele ganharia independentemente do número de corridas, sejam 6, 8, 16 ou 20”.

“Se houver um campeonato do mundo e ele vencer, ele poderia olhar para sua história e dizer que ganhou o título mundial. O terrível seria ganhar com oito corridas. Não seria um grande campeonato”, concluiu.