Categorias
Esportes Rio

Mérito da Secretaria de Esportes do Rio vai se chamar medalha Antônio Carlos de Almeida Braga, em homenagem a Braguinha

Uma pequena homenagem para quem dedicou tanto ao esporte brasileiro. A medalha do mérito esportivo da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Estado do Rio de Janeiro passará a se chamar medalha Antônio Carlos de Almeida Braga. Uma homenagem idealizada pelo secretário Leandro Alves para Braguinha, um dos maiores incentivadores do esporte brasileiro, que morreu nesta terça-feira, aos 94 anos, em Lisboa, onde vivia.

“Alguns dos maiores ídolos do esporte nacional, como Pelé, Ayrton Senna e Gustavo Kuerten, tiveram o apoio e a amizade do Braguinha. Colocar o nome dele em uma medalha de mérito do esporte será uma retribuição a tudo isso”, explica o secretário Leandro Alves.

A honraria se divide em três categorias (ouro, prata e bronze) e será entregue aos desportistas, atletas e outros profissionais que se destacarem representando o Estado do Rio de Janeiro no território nacional ou no exterior, ou tiverem serviços prestados ao esporte em qualquer modalidade.

Leandro Alves já pediu ao departamento jurídico da secretaria um estudo de viabilidade para a regulamentação com o nome do Braguinha e em seguida vai entrar em contato com a família dele para solicitar uma permissão especial.

O empresário Antônio Carlos de Almeida Braga foi dono da Atlântica Seguros, que viria a se fundir com a Bradesco Seguros nos anos 80, tendo apoiado grandes nomes do esporte nacional, como Gustavo Kuerten, Ayrton Senna, Emerson Fittipaldi e Pelé. Apaixonado por esportes e amigo íntimo de Ayrton Senna, Braguinha comparecia a todas as Copas do Mundo e tinha um camarote cativo em Roland Garros. Sócio-benemérito do Fluminense, patrocinou ainda as seleções brasileiras de futebol e de vôlei.