Categorias
Destaque Esportes

Fluminense enfrenta Atlético-GO de olho no G4 do Brasileirão

 

O Fluminense vai reencontrar seu algoz na eliminação da Copa do Brasil esse ano. O Tricolor e o Atlético-GO se enfrentam nesta quarta-feira (16), em Goiânia, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes vão se enfrentar pela quarta vez em 2020. Até agora foram uma vitória para cada lado, pela Copa do Brasil, e um empate no primeiro turno do Brasileirão. A partida desta noite será no estádio Antônio Accioly, às 21h30.

O Tricolor vem de um empate amargo contra o Vasco e com uma invencibilidade de quatro jogos. A vitória será muito importante para o destino do Fluminense no campeonato, já que a equipe carioca está disputando uma vaga para a Libertadores do ano que vem. Esse será o segundo jogo de Marcão após a saída de Odair Hellmann.

A tendência é que Marcão não faça muitas mudanças, até por ter tido só um dia para treinar a equipe após o empate com o Vasco. Do time que jogou no clássico, a mudança vai ficar apenas por conta de Wellington Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Fred e Caio Paulista são os mais cotados para a vaga. Se o camisa 9 for escolhido, Marcos Paulo vai para ponta.

Marcos Paulo é um dos destaques do Fluminense Foto: Mailson Santana/FFC

Provável Escalação: Marcos Felipe, Igor Julião, Matheus Ferraz e Luccas Claro e Egídio; Hudson, Yuri Lima e Michel Araújo; Marcos Paulo, Nenê e Fred(Caio Paulista). Técnico: Marcão

O Atlético-GO vem de uma vitória fora de casa contra o Ceará, chegando aos 31 pontos e pulando para a 12ª posição. Agora, a equipe goiana tenta melhorar seu rendimento como mandante. Das sete vitórias do Dragão na Série A, só duas foram em casa. O desfalque fica por conta do volante Willian Maranhão, que está suspenso. Pereira surge como o nome mais cotado para assumir a vaga, tendo em vista que Matheus Vargas (suspensão) e Rithely (lesão) também são desfalques. Baralhas corre por fora. No ataque, há dúvida entre Danilo Gomes e Gustavo Ferrareis.

Provável Escalação: Jean, Dudu, João Victor, Éder e Nicolas; Pereira, Marlon Freitas e Chico; Danilo Gomes(Ferrareis), Janderson e Zé Roberto. Técnico: Marcelo Cabo

Bom retrospecto

O Fluminense conta com um retrospecto favorável como visitante diante do Atlético-GO. De acordo com dados do site “Fluzao.info”, foram 10 partidas em Goiânia, com sete vitórias tricolores, um empate e apenas duas derrotas, sendo quatro jogos no Estádio Olímpico Pedro Ludovico e seis no Serra Dourada.

Arbitragem

Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

Assistente 1: Thiaggo Americano Labes

Assistente 2: Éder Alexandre (SC)

Árbitro de vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)

Transmissão

Globo (com narração de Gustavo Villani e comentários de Júnior e Roger Flores) e Premiere (com narração de Jader Rocha e comentários de Pedrinho e PVC);

 

Categorias
Destaque Esportes

Confira como foi o 1° turno dos clubes cariocas no Campeonato Brasileiro 2020

O primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2020 chegou ao fim. E os times cariocas vivem em situações bem diferentes. A dupla Fla-Flu disputam na parte de cima da tabela. Já o Botafogo e o Vasco, estão na briga para sair de perto da zona do rebaixamento. Confira como foi o 1° turno de cada equipe do Rio de Janeiro.

Flamengo

A equipe rubro-negra termina o primeiro turno ocupando a segunda colocação com o mesmo número de pontos do Internacional, mas acaba perdendo no saldo de gol (14 Inter e 8 Fla). O Flamengo, atual campeão do Brasileirão, tem um dos melhores elencos do Brasil e aparece como um dos favoritos na briga pelo título. Seu treinador, o catalão Domenèc Torrent, vem recebendo algumas críticas, principalmente quanto ao desempenho ruim da zaga, mas no geral faz um bom trabalho.

Pedro comemorando um gol com os reservas sob olhar de Domenèc Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Números do Flamengo no 1° Turno

Jogos: 19

Vitórias: 10

Empates: 5

Derrotas: 4

Gols Pró: 33

Gols Sofridos: 25

Saldo de gol: 8

Aproveitamento: 61.4%

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Pedro/10 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Isla e Bruno Henrique/4 assistências

Fluminense

O tricolor carioca terminou essa primeira parte do campeonato em quarto lugar, contrariando as expectativas de muitos. A campanha do Fluminense neste Brasileirão é a maior pontuação do Tricolor em um turno de Brasileirão desde a edição de 2015, no primeiro ano da “era pós-Unimed”. A equipe, comandada na época por Enderson Moreira, anotou 33 pontos nos 19 primeiros jogos da competição, com 10 vitórias, três empates e seis derrotas. A missão de Odair Hellman para o 2° turno é manter a equipe brigando por uma vaga na próxima Libertadores.

Foto: Odair Hellman vem fazendo um bom trabalho após a eliminação do Fluminense na Copa do Brasil Foto: Mailson Santana/FFC

Números do Fluminense no 1° Turno

Jogos: 19

Vitórias: 9

Empates: 5

Derrotas: 5

Gols Pró: 29

Gols Sofridos: 21

Saldo de gol: 8

Aproveitamento: 56.1%

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Nenê/7 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Igor Julião/ 3 assistências

Botafogo

O Glorioso fechou o primeiro turno do campeonato em décimo quarto lugar, com apenas 20 pontos dos 54 disputados (O Botafogo tem um jogo a menos) e tendo uma das piores campanhas como mandante. A situação ruim do clube não é apenas em campo, os protestos da torcida contra a atual gestão e alguns jogadores do elenco, evidencia a pressão que o time alvinegro vai continuar tendo nesse 2° turno para evitar um possível rebaixamento. E para completar, o Botafogo segue em busca de um treinador.

O elenco do Botafogo vai precisar continuar unido para o restante do Campeonato Foto: Vítor Silva/ BFR

Números do Botafogo no 1° Turno

Jogos: 18*

Vitórias: 3

Empates: 11

Derrotas: 4

Gols Pró: 19

Gols Sofridos: 22

Saldo de gol: -3

Aproveitamento: 37%

*O Botafogo ainda precisa completar um jogo do 1° Turno contra o São Paulo

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Matheus Babi/ 5 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Bruno Nazário/2 assistências

Vasco

O Cruzamaltino termina o primeiro turno na décima sexta posição e lutando contra o rebaixamento, o que seria o 4° em sua história. O Vasco começou muito bem no campeonato e dava indícios de que essa temporada o time iria brigar por coisas maiores. Ramon Menezes fazia um bom trabalho, até que uma sequência de maus resultados e um desempenho ruim da equipe fez com que o time caísse na tabela e consequentemente veio à demissão de Ramon. Agora, com o treinador português Ricardo Sá Pinto, o clube carioca tenta se reerguer no Brasileirão e fugir da zona da degola.

Ricardo Sá Pinto conversa com os jogadores do Vasco Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Leia Também: Conheça o novo técnico do Vasco da Gama

Números do Vasco no 1° Turno

Jogos: 17*

Vitórias: 5

Empates: 4

Derrotas: 8

Gols Pró: 20

Gols Sofridos: 25

Saldo de gol: -5

Aproveitamento: 37.3%

 

Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro: Cano/7 gols

Jogadores com maior número de assistências no campeonato: Talles Magno/ 3 assistências