Categorias
Destaque Esportes

Confira o cenário de cada time carioca nas últimas rodadas do Brasileirão

 

Por: Luhan Alves

A penúltima rodada do Campeonato Brasileiro 2020 promete bastante. E dos clubes do RJ, o único que apenas cumpre tabela é o Botafogo, que foi rebaixado pela terceira vez em sua história. Flamengo, disputa o título do Brasileirão, Fluminense busca vaga direta na fase de grupos da Libertadores e Vasco luta contra o rebaixamento, o que aconteceria pela quarta vez em sua história.

 

Flamengo

O rubro-negro carioca vai jogar uma de suas partidas mais importantes dos últimos anos neste domingo (21), contra o Internacional, às 16h, no Maracanã. Se quiser continuar sonhando com o octacampeonato, o Flamengo vai precisar vencer o Colorado e na última rodada o São Paulo, no Morumbi. A derrota acaba com o sonho do título brasileiro. Willian Arão, que sofreu uma fratura no dedo do pé direito, em acidente no banheiro do Ninho do Urubu, tem poucas chances de jogar contra o time gaúcho. Gustavo Henrique deve ser o substituto.

Gabigol é uma das esperanças de gol na partida decisiva contra o Internacional Foto: Alexandre Vidal/CRF

 

Fluminense

Já garantido na próxima edição da Libertadores, após ficar 8 anos sem frequentar a competição, o tricolor carioca ainda tem chances de classificação direta na fase de grupos. Para terminar no G4 do Brasileirão, o Fluminense precisa vencer os seus dois últimos jogos e torcer por tropeços de São Paulo e Atlético-MG, algo difícil, porém não improvável. Outra possibilidade é se caso o Palmeiras, atual campeão da competição intercontinental, conquistar a Copa do Brasil, a vaga iria para o Flu, caso termine em 5° no Campeonato Brasileiro.

Nenê vem se destacando nas últimas partidas do Fluminense que luta por vaga direta na fase de grupos da Libertadores Foto: Lucas Merçon/FFC

Vasco

O Cruzmaltino vive mais uma vez o drama da luta contra o rebaixamento. O Vasco é o atual 17º colocado no Brasileiro, com 37 pontos. O Bahia, o primeiro fora do Z-4, tem um ponto a mais. A partida contra o Corinthians neste domingo (11), às 16h, na Neo Química Arena, será como uma final de campeonato para os vascaínos. Se perder este jogo e o Bahia vencer o Fortaleza, o Vasco será rebaixado mais uma vez em sua história. Um provável desfalque importante para equipe carioca é o meia Benítez, que faz tratamento por sentir dores musculares em uma das coxas. Apesar de não ter participado de todos os treinos da semana, ele viajou com a delegação.

A presença de Benítez na equipe titular diante do Corinthians ainda é incerta Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Botafogo

Já rebaixado para a Série B 2021, o alvinegro carioca está aproveitando estes últimos jogos da primeira divisão para testar jogadores da base, visando à próxima temporada. Fora de campo, a diretoria já começa o planejamento para a disputa da segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O clube segue buscando um treinador de peso para comandar o desafio que o Botafogo terá pela frente. Alguns reforços também podem chegar como o lateral-direito Jonathan, o volante Matheus Frizzo e o atacante Ronald. O Glorioso ainda negocia com o zagueiro Gilvan e o atacante Robson. A ideia inicial é de buscar atletas para compor o elenco e reforçar posições carentes.

Botafogo tem testado alguns meninos da sua base nos últimos jogos Foto: Vítor Silva/ BFR

 

Categorias
Carlos Augusto | Opinião Notícias do Jornal

A vacina politizada pelo Congresso e STF

 

Não apoio o presidente da República, bem como não tenho procuração para defendê-lo. Entretanto, não posso me omitir e nem deixar de comentar sobre todas as notícias veiculadas pela grande imprensa, bem como as atitudes dos ministros “deuses” do STF, e dos congressistas encastelados no Congresso Nacional, que, ao longo do ano passado e dos dias que antecedem a aplicação das vacinas, sejam elas:   AstraZeneca/Oxford, Sinovac, Janssen e Pfizer/Biontech/Fosun Pharma, todos opositores do Executivo, politizam essa pandemia.

Fato é que, pressionados politicamente, principalmente pelo governador de São Paulo João Dória, garoto propaganda da China, os “deuses” do STF baixaram a ditadura da caneta e retiraram todos os poderes do Executivo. Estabeleceram que estados e municípios têm autonomia para promover ações administrativas no combate à pandemia originada pelo coronavírus.

A partir daí, o que se viu foi uma avalanche de erros na condução de ações de combate à pandemia, como, por exemplo, os hospitais de campanha, que consumiram milhares de recursos públicos e não atenderam plenamente, ora por falta de equipamentos, ora por falta de mão-de-obra, a população contaminada.

Esses hospitais de campanha serviram para os governantes desviarem recursos públicos e ampliarem a corrupção – vide o prefeito e o governador do Rio de Janeiro.

Não posso deixar de mencionar que, no inicio da pandemia, o então ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que é médico, orientou, através da grande imprensa, que todos ficassem em casa e só fossem procurar os hospitais em situação grave, ou seja, quando já não tinha mais como se curar. Foi o famoso “fique em casa”. Essa orientação, concluímos hoje, não foi a mais correta, pois quando o cidadão contaminado procurava os hospitais, já estava com a saúde toda comprometida e havia contaminado a todos em sua residência.

Ora, mandar ficar em casa um cidadão que mora num espaço de 10 metros quadrados, sem água, saneamento básico e sem nenhuma higiene, é assinar a certidão de óbito.

E porque essa orientação foi dada? A resposta é clara: o país não tinha estrutura hospitalar para atender a população, principalmente o povão de baixa renda, carente de plano de saúde.

Mas, voltando à questão das vacinas, agora resolveram politizar as vacinas. Os opositores encastelados no Congresso e no STF, com o apoio de toda imprensa dita burguesa, voltaram suas baterias para o prazo da aplicação das vacinas. Chegam à hipocrisia de mostrar a relação dos países que já estão aplicando a vacina e botando a culpa pela demora no governo, leia-se a Anvisa. Estão dando até ultimato para a Anvisa aprovar as tais vacinas, principalmente a vacina do garoto propaganda de São Paulo, João Dória.

Ora, se os estados e municípios, com o aval dos ministros “deuses” do STF, têm autonomia para prover todo tipo de  ações para combater a pandemia, por que então, no caso de São Paulo e demais governos estaduais que aprovaram e até já compraram a vacina chinesa, não iniciam a vacinação?

O governador Dória, o que mais está politizando a pandemia, é um grande espertalhão, pois ele sabe que, se iniciar a vacinação sem o aval da Anvisa, sem comprovar sua eficácia e segurança, o que pode ter efeitos colaterais graves, não ficaria isento de qualquer responsabilidade.

A conclusão que chego é que a hipocrisia, tanto daqueles governadores e dos ministros “Deuses” do STF, opositores do Executivo, não tem precedentes.

Enquanto isso, o povão, o mais atingido pela pandemia, continua aumentando as estatísticas obituárias e servindo de instrumento político contra o Executivo. Assim eu penso.

Carlos Agusto (Carlão)

Sindicalista, advogado e jornalista – MTb 38577RJ

Categorias
Destaque Esportes

Disputa pelo título do Brasileirão segue acirrada

 

O Campeonato Brasileiro está chegando à sua reta final. E a briga pelo título está cada vez mais acirrada. O líder São Paulo que tinha uma vantagem boa em relação aos outros times viu a diferença de pontos diminuírem, já que nos últimos 3 jogos o clube paulista fez apenas 1 ponto de 9 disputados. Agora, o time do Diniz tem 57 pontos e é perseguido por Internacional com 56, Atlético-MG com 53, Flamengo com 52, Palmeiras com 51 e Grêmio 50. Dessas equipes, do 3° ao 6° lugar ainda tem um jogo a menos. Ou seja, a disputa promete ser emocionante até a última rodada.

E a 31ª rodada, que acontece nesta quarta e quinta-feira, coloca em disputa os 6 primeiros colocados. O São Paulo encara o Internacional, no Morumbi. Já o Atlético-MG vai a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio. E o Flamengo joga como mandante no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, diante do Palmeiras. Confrontos diretos na luta pelo título do Campeonato Brasileiro 2020. Confira abaixo as análises dessas partidas.

São Paulo x Internacional (Morumbi)- Quarta-feira, 21h30

Jogo que vale a liderança do Campeonato Brasileiro pelo menos para essa rodada. A partida promete ser decidida nos detalhes e na estratégia de cada equipe. São duas propostas diferentes dentro de campo. Por ser o atual líder, jogar em casa e pela característica do time, o São Paulo deve tomar a iniciativa e propor mais o jogo. O que Diniz precisa resolver é qual peça e esquema será melhor, na ausência de Luciano, que claramente faz falta para a equipe. O time paulista precisa ser mais eficiente no ataque e na transição ofensiva.

Fernando Diniz tenta ajustar o time do São Paulo para voltar a vencer no campeonato Foto: Reprodução Twitter/São Paulo

Já o Internacional, deve adotar uma estratégia mais reativa, esperando o São Paulo no seu campo e tentando surpreender no contra-ataque. Para isso vai precisar que seus jogadores da parte ofensiva estejam em noite inspirada. Eles precisam colocar velocidade na transição ofensiva e ter eficiência na hora de chegar ao gol do time paulista. A defesa precisa ficar atenta a intensa movimentação dos atletas da equipe do Diniz, para não ser surpreendida.

Edenilson tem sido um dos destaques do Internacional nesta temporada Foto: Reprodução Twitter/Internacional

Grêmio x Atlético-MG (Arena do Grêmio)- Quarta-feira, 19h15

Acredito que esse jogo seja bastante interessante de assistir por conta de serem duas equipes que buscam o jogo na maior parte do tempo, promessa de um duelo bem movimentado. O Grêmio, jogando em seus domínios, vai tentar ficar com a posse de bola e jogar de forma mais vertical, acionando seus pontas e tentando infiltrar na defesa do Galo através de troca de passes rápidos e passes em profundidade. As dificuldades serão furar a boa marcação do Atlético-MG e na parte defensiva fazer uma recomposição rápida, pois os jogadores de frente da equipe mineira são velozes.

Diego Souza vive ótima fase com a camisa do Grêmio Foto: Reprodução Twitter/Grêmio

O Atlético deve adotar uma estratégia para surpreender o Grêmio já nos primeiros minutos de jogo. Engana-se quem pensa que o time de Sampaoli irá esperar a equipe de Renato em seu campo. O Galo deve tentar marcar até a intermediária para tentar roubar a bola e sair em velocidade ao ataque, pegando a defesa gaúcha desprevenida. Mas o clube mineiro vai precisar também ter atenção na parte defensiva, pois os pontas do Grêmio são rápidos e chegam com bastante perigo. Além disso, precisa ficar de olho no Diego Souza, que vive fase artilheira.

Sampaoli é um dos treinadores que estão dedes o começo em um mesmo clube no campeonato Foto: Reprodução Twitter/Atlético-MG

Flamengo x Palmeiras- (Mané Garrincha)- Quinta-feira, às 19h

Esta partida será dos dois elencos mais qualificados do Brasil. E se for para apontar um leve favoritismo, para mim o Palmeiras chega em um momento melhor e mais preparado para esse confronto. Porém, do outro lado tem o Flamengo com um time qualificado e peças que podem decidir o jogo, mesmo não estando em boa fase.

O time de Rogério Ceni ainda apresenta algumas falhas coletivas e seus principais jogadores estão abaixo tecnicamente. Na parte ofensiva, Diego tem entrado bem e vem dando dinâmica no meio campo rubro-negro, Arrascaeta vem sendo decisivo e Pedro quase sempre vem muito bem do banco. São algumas armas para o Fla tentar surpreender o time paulista, o setor ofensivo precisa estar bem para vencer a partida. O que preocupa também é a parte defensiva, já que até agora nenhum jogador conseguiu encaixar ao lado de Rodrigo Caio. E o Palmeiras tem meias e atacantes de muita qualidade e que se movimentam bastante. Se a marcação não acertar, a equipe terá problemas.

Rogério Ceni vem sendo bastante pressionado no comando do Flamengo Foto: Reprodução Twitter/Flamengo

Já a equipe do Palmeiras vem embalada pelo ótimo trabalho do técnico português Abel Ferreira. O clube paulista está na final da Copa do Brasil e da Libertadores, e ainda se colocou na briga no Campeonato Brasileiro. Para essa partida, acredito que o Palmeiras irá explorar bastante os espaços deixados pelos laterais do Flamengo e vai tentar confundir a zaga adversária com bastante movimentação dos atacantes. Por mais que a defesa do Alviverde seja muito boa, será preciso ter atenção com os jogadores de frente do Fla e das chegadas de Isla e Filipe Luís ao ataque.

Abel Ferreira faz um ótimo trabalho no comando do Palmeiras Foto: Reprodução Twitter/Palmeiras

Para os amantes do futebol, será uma rodada de muita emoção e boa de se assistir.

Por: Luhan Alves

Categorias
Destaque Música

EXALTA lança single com participação de Jorge Aragão

 

Nesta quinta-feira, 14 de janeiro, o grupo EXALTA lança nas plataformas e rádios de todo o Brasil o single “Retrato Cantado de Um Amor” com participação especial do cantor Jorge Aragão.  OUÇA AQUI!

A música é uma releitura da obra de autoria de Adilson Bispo e Zé Roberto, e pode ser considerada um dos clássicos do Samba / Pagode, e foi grande sucesso nacional no ano de 1986. Em novembro daquele mesmo ano começava uma nova formação do Grupo EXALTASAMBA, cuja maioria dos integrantes se manteve até fevereiro de 2012, quando alguns deles optaram por seguir em carreira solo.

Em 2021 essa história completará 35 anos, e para dar início às comemorações, o EXALTA (assim denominado a partir de janeiro de 2017) e que conta com os integrantes remanescentes da formação original de 1986: Thell e Brilhantina, somados aos dois atuais intérpretes Jeffinho e Italo Magrão, resolveu convidar “O MESTRE, JORGE ARAGÃO” para participar desse novo single.

“Para mim, nascido e criado nos Altos da Favela da Serrinha, foi a maior emoção de minha vida até aqui, poder participar desse Single, junto com meu Ídolo maior no Samba, o Mestre Jorge Aragão”, comemorou Ítalo Magrão.

“Retrato Cantado de Um Amor”, teve sua produção audiovisual, divididas entre São Paulo e Rio de Janeiro em função da Pandemia da Covid-19 e contou com Arranjos de Base de Jota Moraes, a Direção Executiva de Brilhantina e a Direção de Produção Musical de Naldo de Souza, que também atua com a equipe da Cantora Paula Lima.

“Somente a Alegria de estar participando, mesmo à distância de uma canção com o Mestre Jorge Aragão, poderia acalantar as saudades da presença do público nos finais de semanas, nas dezenas de Rodas de Samba que participei no Parque de Madureira ou da presença e participação das milhares de pessoas que tem acompanhado nos Shows do EXALTA pelo Brasil, nos últimos anos.”, afirmou Jeffinho

O grupo já havia disponibilizado o videoclipe oficial no YouTube. Confira o vídeo. 

Embora o EXALTA originalmente tenha sido considerado um grupo musical de natureza Paulistana, a presença de dois intérpretes cariocas: Jeffinho e Magrão, nascidos e criados no bairro de Madureira no Rio de Janeiro, trouxe um novo conteúdo ao grupo, porém sem descaracterizar musicalmente sua essência histórica.

Categorias
Destaque Esportes

Flamengo e São Paulo se enfrentam em jogo decisivo na Copa do Brasil

Flamengo e São Paulo se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, no Morumbi, no segundo confronto das quartas de final da Copa do Brasil. A partida promete ser bastante intensa e mesmo sem a presença da torcida, terá um clima de decisão por tudo que envolve esse jogo. A vantagem é do Tricolor, já que venceu por 2 a 1 no Maracanã. O time paulista joga por um empate para garantir a vaga. Já o Rubro-Negro precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar no tempo normal. Uma vitória do Fla por um gol de diferença leva a decisão aos pênaltis.

O Flamengo tem diversos desfalques por questões físicas. Rogério Ceni terá que fazer algumas mudanças no time por conta dessa situação. Em relação aos titulares escalados no Maracanã, Gabigol é a ausência. A provável novidade é a presença de Arrascaeta desde o início, apesar de não estar na condição física ideal. Everton Ribeiro e Isla, que jogaram por Brasil e Chile na terça-feira (17), tiveram os nomes incluídos na relação do jogo. Ambos foram titulares. Isla jogou o tempo inteiro. Everton foi substituído aos 91 minutos do segundo tempo.

Rogério Ceni observa Gerson no último treinamento antes da partida contra o São Paulo Foto: Reprodução Flamengo/ Alexandre Vidal

Já no São Paulo, a situação é melhor do que a do seu adversário. Com praticamente todo o elenco à disposição, Fernando Diniz deverá manter o time que venceu o Flamengo no jogo de ida. A equipe paulista vai com força máxima para essa partida decisiva na Copa do Brasil.

Fernando Diniz vai com força máxima para a partida decisiva contra o Flamengo Foto: Reprodução/São Paulo FC

Importância da classificação no aspecto financeiro

A Copa o Brasil de 2020 se aproxima de sua reta final e além da vaga para a Libertadores de 2021, outro motivo que dá a importância e a valorização da classificação para a próxima fase é a alta premiação. O campeão vai receber pelo título R$ 54 milhões, R$ 2 milhões a mais que o Athletico-PR recebeu no ano passado. No total, somando todas as fases, o campeão pode arrecadar até R$ 72,8 milhões, dependendo da fase que ele entrar.

Confira a premiação da Copa do Brasil

  • *1ª fase: R$ 1,1 milhão (Grupo 1), R$ 950 mil (Grupo 2) e R$ 540 mil (Grupo 3)
  • *2ª fase:R$ 1,3 milhão (Grupo 1), R$ 1,03 milhão (Grupo 2) e R$ 650 mil (Grupo 3)
  • 3ª fase: R$ 1,5 milhão
  • 4ª fase: R$ 2 milhões
  • Oitavas:R$ 2,6 milhões
  • Quartas:R$ 3,3 milhões
  • Semifinal: R$ 7 milhões
  • Vice-campeão: R$ 22 milhões
  • Campeão: R$ 54 milhões

*Grupo 1, 2 e 3 (a CBF paga mais para quem está melhor ranqueado).

Prováveis Escalações

Flamengo: Diego Alves, Matheuzinho, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Renê; Arão, Gerson e Arrascaeta; Vitinho, Michael(Pedro Rocha) e Bruno Henrique. Técnico: Rogério Ceni

São Paulo: Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Diego e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Brenner e Luciano. Técnico: Fernando Diniz

Arbitragem

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio – GO (Fifa)

Assistente 1: Fabricio Vilarinho da Silva – GO (Fifa)

Assistente 2: Cristhian Passos Sorence – GO (CBF)

VAR: Wagner Reway – PB (CBF)

Por: Luhan Alves (com supervisão de Cláudia Mastrange)

 

Categorias
Destaque Educação

SP: reabertura de escolas amplia risco de covid-19 para 340 mil idosos

A aposentada Maria Elisa Victorino Geraldo, de 72 anos, divide a casa onde mora, na zona leste da capital paulista, com a mãe, Dinah de Rossi Victorino, de 94 anos, a filha e as netas. Ela é uma dos cerca de 340 mil idosos da cidade que coabitam com crianças e adolescentes em idade escolar.

Com a pandemia de covid-19 e a discussão sobre o retorno às aulas presenciais em São Paulo, Maria Elisa teme estar mais exposta ao novo coronavírus quando as crianças voltarem a frequentar a escola.

“Tememos muito o retorno às aulas. Tenho diabetes e minha mãe tem enfisema pulmonar. Aqui em casa temos duas crianças em fase escolar, Francesca, de 14 anos, e Antonella, de 12 anos. Elas devem permanecer em casa, nas aulas online, se isso for opcional até o fim da pandemia. Caso contrário, minha filha, mãe delas, verá como poderá ser feito esse processo”, admite a aposentada.

“Nosso maior medo, além do que já conhecemos da potência do vírus através de reportagens, é que os médicos sempre descobrem novos sintomas e sequelas, ou seja, ainda temos desconhecimento do que o vírus realmente pode causar a curto e a longo prazo, fora o perigo de morte”, completou Maria Elisa, que mora na Vila Prudente.

O casal de aposentados Luís Pinheiro Silva, de 69 anos, e Miriam Cristina Borges Pinheiro, de 67 anos, também mora com os netos e teme o retorno das crianças à escola. Para Luís, a volta às aulas só deveria ocorrer depois da descoberta da vacina contra o novo coronavírus e da imunização de todos.

“Se reabrirem as escolas, sem garantia nenhuma, porque não foi feita a vacina, quem pode dizer que a criança vai manter 1,5m longe um do outro se, no dia a dia, ninguém faz isso, nem dentro do supermercado, nem shopping! A criança pode se contaminar e transmitir para seus familiares, principalmente para os avós, então não acho certo voltar agora. Creio que deveria voltar sim, depois que tiver uma vacina para todos”, disse o avô de Luiz Gustavo, de 8 anos, e de Kethlyn Cristiana, de 6 anos, moradores do Jardim Marília, também na zona leste.

Até este momento, a prefeitura de São Paulo liberou, a partir de 7 de outubro, as aulas presenciais para alunos do ensino superior ou para atividades extracurriculares do ensino infantil, fundamental e médio.

Com Informações: Agência Brasil

Categorias
Destaque Notícias

Pista principal de Congonhas volta receber aviões de grande porte

A pista principal do aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, voltará a receber pousos e decolagens de aeronaves de grande porte neste domingo (6). Na manhã de hoje (5), o presidente Jair Bolsonaro participou da entrega da obra de reforma da pista. Ao todo, foram investidos R$ 11,5 milhões na obra.

De acordo com Palácio do Planalto, o presidente retornou para Brasília após a visita ao aeroporto.

“Estamos entregando mais uma obra importante, que traz mais segurança para as operações, para os tripulantes e passageiros, neste que é o segundo aeroporto mais movimentado do país”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que vistoriou o local ao lado do presidente Bolsonaro e do presidente da Infraero, brigadeiro Hélio Paes de Barros.

Segundo o ministério, as obras foram concluídas em 32 dias e deverão proporcionar melhoria da capacidade de drenagem, aumento da aderência do pneu da aeronave ao pavimento, e redução da possibilidade de aquaplanagem (derrapagem em razão de água no solo).

A pista recebeu um revestimento de alta tecnologia, chamado de camada superficial porosa de atrito (CPA), fresagem do revestimento asfáltico existente, e uma camada estrutural de concreto asfáltico com grooving (ranhuras) na área das cabeceiras.

A pista principal do Aeroporto de Congonhas tem 1.940 metros de comprimento, 45 metros de largura e suporta aviões até categoria 4C, que engloba as principais aeronaves usadas pelas companhias aéreas brasileiras, como Boeing 737-800, Airbus A320 e Embraer E195.

A primeira operação programada é a chegada do voo 3009, da Latam. Saindo de Belo Horizonte amanhã às 8:45, a aeronave deve pousar em Congonhas às 10h05.

Durante o período em que a pista principal esteve em obras, Congonhas seguiu recebendo pousos e decolagens na pista auxiliar. De acordo com a Infraero, a manutenção das obras entre os meses de agosto e setembro considerou a baixa incidência de chuvas na capital paulista para o período dos trabalhos.
Com Informações: EBC

Categorias
Brasil Destaque

João Doria é diagnosticado com Covid-19

O governador João Doria foi diagnosticado com covid-19, na manhã desta quarta-feira (12), e cumpre isolamento social em sua casa. A informação foi confirmada pelo vice-governador e secretário de governo, Rodrigo Garcia, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

Por meio de sua conta no Twitter, João Doria confirmou que obteve o diagnóstico positivo para a doença após a realização de seis testes e afirmou estar assintomático. “Seguindo o princípio da total transparência com que temos lidado com a pandemia, informo que fui diagnosticado com covid-19.”

“Estou bem, sem sintomas. Seguirei trabalhando de casa, cumprindo as recomendações médicas de isolamento. Tenho fé em Deus que vou superar a doença.”

“Todos nós pedimos para que ele possa continuar assintomático nos próximos dias. Estarei aqui na condição de vice-governador transmitindo as informações. Nesse momento, o governador não pedirá licença do cargo porque não vemos necessidade. De sua casa, continuará dando as orientações para sua equipe de trabalho”, afirmou o vice-governador.

Segundo Garcia, todas as pessoas que conviveram com o governador nos últimos 15 dias e por um período de mais de 15 minutos, em uma proximidade de menos de um metro, deverão passar pelos testes para diagnosticar a covid-19. “Isso será feito, cumprindo protocolo, se algum deles testar positivo farão isolamento, mas essas pessoas já estão em quarentena prévia e preventiva. Os testes sendo realizados, eles passarão a ter os resultados”, afirmou o vice-governador.

 

Categorias
Esportes

Cidades do litoral paulista permitem prática de surfe durante quarentena

Algumas cidades do litoral paulista regulamentaram a prática de surfe durante a quarentena adotada para evitar a disseminação da covid-19. Apesar da regulamentação local, a orientação do governo do estado de São Paulo continua sendo que as pessoas saiam de casa apenas para realizar atividades essenciais.

Em Bertioga, atividades físicas específicas e individuais estão liberadas na areia da praia, em rios e mares, por meio de decreto publicado no último dia 29, desde que respeitadas as medidas de higiene e distanciamento. As atividades, incluindo o surfe, estão permitidas das 6h às 18h, de segunda a quinta-feira. Durante as sextas-feiras, finais de semana e feriados, as práticas estão proibidas.

As seguintes proibições permanecem: utilização de barracas, cadeiras, mesas, guarda-sóis, serviços de praia, consumo de alimentos e bebidas na faixa de areia e estacionar em toda orla.

A prefeitura de Praia Grande, também por decreto publicado em 29 de abril, regulamentou a prática de esportes individuais no mar durante o período das medidas restritivas devido à pandemia. A prática esportiva está permitida entre as 5h e as 8h. Demais atividades na praia continuam proibidas.

Em São Vicente, a liberação da prática de surfe foi anunciada em 19 de abril, entre as 6h e as 10h, desde que não haja aglomeração, mantenha-se o uso individual dos equipamentos utilizados e sejam respeitadas as recomendações de higiene. A prefeitura informou que a Guarda Civil Municipal faz abordagens com orientações sobre as restrições de permanência na faixa de areia.

Caso haja resistência no descumprimento das regras estabelecidas pelo município, o infrator pode ser conduzido à delegacia e responder pelo Artigo 268 do Código Penal, que se trata de infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Com informações e foto da Agência Brasil